Descrição de chapéu INSS Defesa do Cidadão

Comerciantes esperam por aposentadoria da Previdência

Idosos são casados e querem se aposentar juntos, mas reclama da demora do INSS

Clayton Castelani
São Paulo

Casados, os comerciantes Fernando Pereira, 65 anos, e Eloisa Buhrer Pereira, 60 anos, planejavam receber ainda nos primeiros meses deste ano as suas aposentadorias do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Por isso, pagaram ao longo dos últimos anos as guias de contribuição à Previdência Social, além de providenciarem os recolhimentos que acabaram ficando em atraso _alternativa que só é possível para contribuintes individuais.

Meses após terem feito os pedidos ao órgão, porém, eles ainda esperam pelo início dos pagamentos.

O casal de comerciantes Eloisa Buher Pereira, 60 anos, e Fernando Pereira, 65, espera por aposentadorias solicitadas ao INSS - Rubens Cavallari/Folhapress

Pereira e Eloisa requisitaram a aposentadoria por idade, que pode ser solicitada por cidadãos que completam 15 anos de contribuição ao INSS e que atingem as idades mínimas de 60 anos, para as mulheres, e de 65 anos, para os homens.

Pereira solicitou sua aposentadoria em 28 de novembro do ano passado. Eloisa fez o pedido em 21 de fevereiro deste ano.

O prazo oficial do INSS para responder aos pedidos de benefícios é de 45 dias. A partir desse período, em caso de concessão, o órgão deve pagar os valores atrasados com correção da inflação.

INSS libera um dos benefícios

A Superintendência do INSS em São Paulo informou que a aposentadoria por idade de Fernando Pereira foi concedida. Os atrasados serão contados a partir de novembro de 2018.

Quanto ao benefício solicitado por Eloisa Pereira, a solicitação foi indeferida pelo órgão, que alegou falta de contribuições.

A família afirma ter realizado os pagamentos, inclusive completando as parcelas em atraso, e, por isso, pretende recorrer da decisão.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.