Contra o CSA, fora, Timão tenta afastar péssima fase

Sem vencer há seis rodadas, Alvinegro pode deixar o G-6 do Campeonato Brasileiro em caso de novo tropeço

Luís Marcelo Castro
São Paulo

Espantar a má fase. É com essa mentalidade que o Corinthians visita o CSA, nesta quarta-feira (30), às 21h30, no estádio Rei Pelé.

O Alvinegro atravessa seu pior jejum sob o comando do técnico Fábio Carille e não comemora um triunfo há seis jogos: o último foi sobre a Chapecoense, há quase um mês. De lá para cá, o time do Parque São Jorge acumula derrotas para São Paulo e Cruzeiro e empates com Grêmio, Athletico-PR, Goiás e Santos.

Clayson é uma das armas ofensivas do Corinthians na partida com o CSA, em Alagoas, pela 29ª rodada do Brasileirão
Clayson é uma das armas ofensivas do Corinthians na partida com o CSA, em Alagoas, pela 29ª rodada do Brasileirão - Daniel Augusto Jr. - 6.jul.19/Ag. Corinthians

Para piorar, um novo tropeço coloca em risco um lugar na zona de classificação à Taça Libertadores de 2020. Atualmente na sexta posição, o Timão soma 45 pontos e pode ser ultrapassado pelo Grêmio, com 44, nesta rodada do Nacional. A equipe gaúcha enfrenta o Vasco, no Rio, no mesmo horário.

Outro que pode passar o Corinthians na tabela é o Athletico-PR (42), que visita o Internacional, nesta quinta-feira (31). Nesse caso, porém, o G-6 viraria G-7, já que o time paranaense tem vaga assegurada ao torneio continental por causa da conquista da Copa do Brasil.

Para retomar o caminho das vitórias, o Alvinegro conta com o retrospecto ruim do CSA, que vem de quatro jogos sem vencer —empate com Atlético-MG e derrotas para Goiás, Botafogo e Flamengo—, embora tenha vendido caro a derrota para o líder.

A equipe do técnico Argel Fucks ocupa a 18ª posição na tabela e luta contra o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro.

“Sabemos que será um jogo difícil, truncado e de bastante força física. Não podemos dar mole, tem que entrar concentrado para conseguir a vitória”, disse Gustagol, que volta ao time. “Não temos feito grandes jogos, mas a equipe não tem deixado de correr, de se dedicar e de buscar o resultado, que, infelizmente, não tem vindo.”

Para a partida desta noite, o Timão não poderá contar com os atacantes Mauro Boselli, suspenso, e Vagner Love, lesionado. Fagner volta após cumprir gancho, assim como Fábio Carille.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.