Hospital das Clínicas ganha mural em homenagem a profissionais da saúde

Funcionários do HC ajudaram a pintar painel, feito por artista da zona leste de São Paulo

Você atingiu seu limite de matérias livres

Assine e tenha acesso Ilimitado

– OFERTA ESPECIAL – 1 ANO DE DESCONTO –

Cancele quando quiser

R$ 1,90 POR 3 MESES

+ 9 de R$ 19,90 R$ 9,90

Notícias no momento em que acontecem, newsletters exclusivas e mais de 120 colunistas. Apoie o jornalismo profissional.

São Paulo

O Hospital das Clínicas, na zona oeste de São Paulo, ganhou recentemente três painéis coloridos (um na área externa e dois dentro do complexo) em homenagem aos profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus.

Um dos idealizadores dos murais, o grafiteiro Waldir Grisolia, 38, é também um dos responsáveis pelo Beco do Hulk, uma galeria a céu aberto que fica em uma viela da avenida Ermelino Matarazzo, na zona leste da capital.

Mural em homenagem aos funcionários do HC, na capital paulista - Karime Xavier / Folhapress

"O Beco do Hulk surgiu para fomentar a arte urbana na zona leste. A partir dele, a gente começou a ter muitas amizades e uma delas foi com uma funcionária do hospital. Apresentamos o projeto e ela fez a ponte", conta o artista, que já tinha feito algo semelhante, um grafite em uma escola para estimular a doação de sangue.

"A proposta inicial era que fosse um painel interno, mas sugeri que a gente fizesse externo também, para não ficar restrito a quem fosse ao hospital", diz. Segundo Grisolia - que fez as obras em parceria com o grafiteiro Roberto Alves -, os próprios profissionais puderam deixar sua marca registrada nas pinturas.

"Foi como uma colcha de retalhos: cada um deixou um pedacinho seu ali. Até o pessoal da manutenção do prédio participou. A gente queria que eles tivessem pelo menos cinco minutinhos de outra realidade, através da arte."

Os paineis no HC tiveram o apoio de três empresas (Futura Tintas, WBR Wagner e Montana Química); da concepção à execução, levaram trinta dias para ficar prontos e foram entregues no começo de agosto. Essa é a primeira etapa do projeto, que ainda terá mais duas, em outros pontos da cidade, mas ainda sem datas definidas.

Notícias relacionadas