Verdão busca a retomada após a parada da Copa América

Após um primeiro semestre impecável, Palmeiras volta a campo contra o Internacional disposto a manter o embalo

Luís Marcelo Castro
São Paulo

Acabou a espera. Depois de um mês dedicado a treinos e descanso, o Palmeiras mata a saudade de seu torcedor diante do Internacional, nesta quarta (10), às 21h30, no Allianz Parque.

Além de buscar a vantagem neste início de disputa por uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil —a volta será no dia 17, em Porto Alegre—​, o Verdão precisa mostrar que não perdeu o pique da primeira metade da temporada.

O volante Bruno Henrique é uma das armas do Palmeiras no duelo contra o Internacional, pelas quaras de final da Copa do Brasil
O volante Bruno Henrique é uma das armas do Palmeiras no duelo contra o Internacional, pelas quaras de final da Copa do Brasil - Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

Dono do melhor ataque e da melhor defesa do futebol nacional, líder isolado do Campeonato Brasileiro e ainda vivo na disputa dos mata-matas da Copa do Brasil e da Taça Libertadores, o time comandado por Luiz Felipe Scolari vinha embalado e era o que mais tinha a perder na parada para a Copa América.

A derrota por 2 a 1 no último amistoso da intertemporada, diante do Guarani, em Campinas, ligou o alerta nos torcedores e em alguns jogadores.

"Perder sempre é ruim, independentemente se é amistoso, jogo-treino ou coletivo. Acho que o mais importante é ter noção de que a gente tem que melhorar para suportar essas decisões", disse Edu Dracena.

Para o lateral Diogo Barbosa, porém, o resultado não chega a preocupar.

"Você entra em um jogo decisivo contra um grande clube como o Inter diferente do que em um amistoso de meio de semana, sem valer nada", comentou. "As pessoas comentam o resultado, por ser o Palmeiras, o time a ser batido, por ter acabado bem antes da parada... Mas é um treino, cara."

É também o que espera a torcida alviverde.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.