Verdão inicia maratona indigesta após parada da Copa América

Com sete jogos em apenas 20 dias, Alviverde terá uma dura sequência de mata-matas e clássicos na volta aos campos

Luís Marcelo Castro
São Paulo

Encerrada a Copa América, os clubes brasileiros se preparam para voltar a campo e, ainda na briga em três competições, o Palmeiras terá trabalho redobrado.

Em menos de um mês, até o início de agosto, a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari fará, em média, um jogo a cada três dias, incluindo quatro partidas decisivas de mata-mata e dois clássicos. Não bastasse o cansaço da série, o Alviverde terá o desgaste das viagens, com três duelos seguidos  fora de casa: em Porto Alegre (RS), depois Fortaleza (CE) e, em seguida, Mendoza, na Argentina, tudo isso em seis dias. 

Deyverson treina para a maratona de jogos que o Verdão vai encarar a partir desta quarta
Deyverson treina para a maratona de jogos que o Verdão vai encarar a partir desta quarta - Cesar Greco - 6.jul.19/Ag.Palmeiras/Divulgação

“Teremos grandes jogos e decisões pela frente, por isso precisamos estar bem em todos os sentidos, tanto fisicamente quanto tecnicamente”, afirmou o meia palestrino Hyoran, um dos atletas que devem ser mais acionados no rodízio de Felipão por causa da dura sequência de jogos.

Nesta quarta-feira (10), o Verdão inicia a séria contra o Internacional, no Allianz, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Além do jogo de volta, no dia 17, os paulistas encaram, ainda neste mês, em dois jogos, o Godoy Cruz (ARG), pelas oitavas da Libertadores. 

Caso avance nos dois mata-matas, o calendário apertado vai se estender até meados de setembro.

No Brasileirão, o clube defende a liderança isolada em jogos complicados.

Já nesta rodada, no sábado (13), fará o Choque-Rei com o São Paulo e, no início de agosto, depois dos jogos contra Ceará e Vasco, visita outro rival, o Corinthians.

Nos 20 dias em que o Palmeiras enfrentará a maratona, com sete embates, o vice-líder do Nacional, o Santos, terá só três compromissos, todos pelo Brasileiro, assim como o São Paulo.

O Corinthians, com um jogo da Copa Sul-Americana, contra o Montevideo Wanderers (URU), fará quatro partidas até o fim do mês.

Chegou o momento de colocar à prova o longo período de treinos e o inchado elenco alviverde.

Arte Agora

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.