Chocolates estão 5,7% mais caros na Páscoa deste ano

Além disso, passagens aéreas também tiveram aumento de 10,8%

Marcela Marcos Cristiane Gercina
São Paulo

Segundo previsões da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), as vendas do varejo voltadas para a Páscoa deste ano deverão crescer 1,5%, mas os chocolates estão 5,7% mais caros, em média. 

De acordo com o levantamento, as oscilações nos preços das passagens aéreas, que aumentaram em média 10,8%, e nas passagens rodoviárias interestaduais, que subiram 17,7%, impedem um avanço mais significativo no consumo relacionado ao feriado da Semana Santa. 

Em 2015 e em 2016, as perdas no setor chegaram a 5,2%. A previsão é que os estabelecimentos do varejo alimentício faturem aproximadamente R$ 2,4 bilhões no período.

Estoques

A CNC afirma que os estoques e as vendas devem ser prejudicadas pela alta do dólar. Segundo a confederação, considerando-se o período de formação dos estoques do varejo para a data (geralmente nos meses de setembro e outubro do ano anterior), houve um avanço 17% do dólar diante do real entre um ano e outro. 

“Assim, além do nível fraco da demanda nos últimos meses, o comportamento da taxa de câmbio contaminou não somente o preço das tarifas, mas também elevou o custo de importação de produtos típicos como azeite de oliva, pescados e do próprio chocolate”, diz a CNC.
 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.