Programe suas viagens para os feriadões sem gastar muito

Garantir passagem e hospedagem com antecedência é o melhor caminho para ficar no azul

São Paulo

O brasileiro terá neste ano nove feriados para emendar com o final de semana. Quem pretende aproveitar para viajar deve começar a se planejar para garantir passagens e hospedagens mais em conta.

Comece estudando destinos e definindo o orçamento que será investido na viagem. Lugares menos conhecidos podem reservar boas surpresas, inclusive no bolso.

"Quando vemos com antecedência, geralmente, pagamos mais barato e temos mais tempo para conseguir o dinheiro necessário. Se deixar para a última hora, provavelmente, pagará mais caro", diz Reinaldo Domingos, presidente da DSOP Educação Financeira.

Para viagens ao exterior o planejamento deve ser redobrado, já que alguns países exigem vistos e vacinas, que dependem de prazos e aumentam os custos.

"Se você quer viajar para um país que usa o dólar ou o euro, por exemplo, moedas que aumentaram seu valor ultimamente, é importante colocar tudo na ponta do lápis para ter total noção de onde seu dinheiro está indo e o que vale realmente a pena", afirma Alexandre Monteiro, do site Melhor Cambio.com.

Os especialistas recomendam cautela no uso do cartão de crédito, para evitar voltar da viagem endividado. "Fora do país, além da conversão da moeda, haverá um custo de IOF [Imposto sobre Operações Financeiras]", diz Domingos.
 

Transporte

Na hora de comprar as passagens de avião, a dica é escolher horários e dias alternativos e abusar dos buscadores de preços para ter o melhor valor. 

Se o destino permitir, considere viajar de ônibus, que, geralmente, tende a ser mais barato. Há ainda a opção de alugar um carro ou até mesmo uma van e dividir os custos com amigos ou familiares.

Quem pensa em fazer o famoso "bate e volta" pode aproveitar para conhecer cidades vizinhas. Em São Roque (66 km de SP), é possível visitar diversas adegas que oferecem vinhos para degustar. Já Socorro (134 km de SP) é conhecida por seus esportes de aventura, como rapel, tirolesa e rafting. Os passeios devem ser adquiridos com antecedência .

"É possível aproveitar dentro do que o orçamento permite", diz o educador.

"Não é para deixarem de se divertir, afinal de contas, ninguém vive apenas para pagar contas, é preciso ter lazer. Só terá que fazer alguns ajustes", afirma.

Confira dicas de viagem 

  • 2020 é ano bissexto, ou seja, terá 366 dias e nove feriados prolongados
  • Em 2019, foram cinco feriados que puderam ser emendados com o final de semana

Feriados prolongados

  • 25 de fevereiro (terça): Carnaval* 
  • 10 de abril (sexta): Paixão de Cristo 
  • 21 de abril (terça): Tiradentes 
  • 1º de maio (sexta): Dia do Trabalho
  • 11 de junho (quinta): Corpus Christi 
  • 7 de setembro (segunda): Dia da Independência 
  • 12 de outubro (segunda): Dia de Nossa Senhora Aparecida 
  • 2 de novembro (segunda): Finados 
  • 25 de dezembro (sexta): Natal

*Não é feriado nacional

Descanso ou curtição

  • Quanto mais tempo tiver para planejar sua viagem, maior a chance de encontrar descontos
  • Saiba o que deseja para cada feriado para pesquisar opções que caibam no bolso

Como economizar na viagem

  • Se quer viajar para um país que usa o dólar ou o euro, por exemplo, moedas que estão com significativa valorização, coloque cada gasto em uma planilha
  • Acompanhe a cotação da moeda que quer comprar e, quando encontrar um valor baixo, compre

Evite gastos desnecessários

  • É possível economizar bastante com o transporte. Vários lugares têm um sistema de transporte público bem estruturado. Então, avalie se realmente precisa pegar um táxi, por exemplo, e procure se hospedar em hotéis que ficam próximos a estações de metrô ou pontos de ônibus. Além disso, se informe sobre os “bilhetes únicos” de cada cidade: eles podem sair mais em conta do que a compra das passagens avulsas
  • Na hora de se alimentar, fuja dos restaurantes badalados. Eles geralmente oferecem cardápios mais caros do que os locais frequentados por quem mora na região
  • Outra opção é explorar os supermercados e a feiras ao ar livre

Aproveite as milhas

  • Quem usa bastante o cartão de crédito pode fazer parte de algum programa de milhagem 
  • Quando a fatura é paga, os pontos são somados a cada gasto feito no cartão
  • É possível transferi-los para os programas das companhias aéreas, como Latam Pass (da Latam), Smiles (da Gol) e TudoAzul (da Azul)

Só compre o que for realmente necessário com o cartão de crédito
Dependendo da compra, haverá a cobrança do IOF e a taxa cobrada pela alfândega

Viagens de avião

  • Compre as passagens para voos nacionais com antecedência de, pelo menos, 60 dias. Já para voos internacionais, o recomendado é se prevenir até 120 dias antes da viagem
  • Faça pesquisas e seja flexível com datas e horários para encontrar as passagens com bons preços
  • No dia da viagem, chegue no aeroporto com antecedência de duas horas, no mínimo
  • Evite levar bagagens que precisem ser despachadas. Se for inevitável, confira a etiqueta de sua mala e se a estampa contém seu nome e o destino da viagem. E nunca despache eletrônicos, dinheiro, documentos ou objetos de valor
  • Se a bagagem for extraviada, é importante registrar imediatamente a ocorrência no balcão da companhia aérea ou nas seções de Aviação Civil da Anac instaladas em cada aeroporto. A companhia aérea tem até sete dias, para voos nacionais, e 21 dias, para voos internacionais, para localizar e enviar a bagagem para o passageiro. Depois disso, a empresa deverá pagar indenização em até sete dias

Se o voo atrasar ou for cancelado, guarde o seu cartão de embarque ou qualquer outro documento que contenha o código de confirmação da reserva do seu voo e recibos de todos os gastos decorrentes do atraso. Eles serão importantes na busca por indenização
 

Viagens de ônibus

  • Compre a passagem com antecedência. É possível comprá-las pela internet e fugir das filas na rodoviária
  • Se a viagem for longa, com mais de cinco horas, dê preferência aos ônibus com poltronas leito ou semi-leito 
  • No dia do embarque, organize-se para chegar na rodoviária com até 40 minutos de antecedência, para evitar imprevistos


Fontes: ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres ), Alexandre Monteiro, da MelhorCambio.com; professor Uranio Bonoldi; site Melhores Destinos; blog Guichê Virtual; AirHelp

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.