Concurso do IBGE tem mais de 200 mil vagas para o Censo 2020

Há vagas temporárias para todas as cidades do país; os salários vão de R$ 1.700 a R$ 2.100

São Paulo

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) abriu nesta quinta (5) as inscrições para quem deseja trabalhar no Censo 2020. São oferecidas mais de 200 mil vagas temporárias. Os contratos terão duração prevista de três meses (recenseador) ou de cinco meses (agentes censitários municipais/agentes censitários supervisores), podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

Os profissionais contratados temporariamente pelo IBGE também terão direito a férias e 13º salários proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido pelos editais.

Quem trabalhou recentemente como temporário, para o IBGE ou qualquer outro órgão público, também pode ser recontratado, caso seja aprovado no processo seletivo do Censo 2020.

Recenseadora entrevista morador do bairro Nossa Senhora Aparecida, em Poços de Caldas, MG
Recenseadora entrevista morador do bairro Nossa Senhora Aparecida, em Poços de Caldas, MG - Ricardo Benichio -3.out.2019/Folhapress

 A taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e, para recenseador, é de R$ 23,61. Os valores podem ser pagos em qualquer banco, casa lotérica ou pela internet. Inscrições devem ser feitas pelo site https://www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_agente  

As vagas estão distribuídas por todo o país. Nos municípios maiores e em áreas remotas, elas são oferecidas por áreas de trabalho específicas. Essas áreas podem abranger bairros, favelas, localidades de difícil acesso, aldeias indígenas ou comunidades quilombolas, por exemplo.

Os recenseadores irão visitar 71 milhões de domicílios do país, entrevistando seus moradores, e serão remunerados por produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados.   

Confira a distribuição das vagas

Função

Municípios

Vagas

Remuneração

Agente Censitário Municipal (ACM)

4.612

5.462

R$ 2.100

Agente Censitário Supervisor (ACS)

4.612

22.676

R$ 1.700

Recenseador

5.569

180.557

Variável – confira uma estimativa de acordo com o município em nosso simulador 

Exigências

Para concorrer às vagas de recenseador é necessário ensino fundamental. No caso de agente censitário municipal e agente censitário supervisor é necessário ter o ensino médio.

A seleção

As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. O edital com a relação de todos os locais de provas será divulgado no dia 8 de maio para agentes censitários e em 18 de maio para recenseadores.

Provas:

  • Agente censitário municipal e agente censitário supervisor: 17/05/2020
  • Recenseadores: 24/05/2020

Os candidatos a Recenseador farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com:

  • 10 questões de língua portuguesa
  • 10 questões de matemática
  • 5 questões sobre ética no serviço público
  • 25 questões de conhecimentos técnicos

Os candidatos a agente censitário municipal e agente censitário supervisor farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, com:

  • 10 questões de língua portuguesa
  • 10 questões de raciocínio lógico quantitativo
  • 5 questões de ética no serviço público
  • questões de noções de administração/situações gerenciais
  • 20 questões de conhecimentos técnicos

Fonte: IBGE

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.