Estado de SP contrata professores temporários para 2022; salário é de R$ 2.886,24

Processo seletivo inicia em 25 de setembro; docentes serão convocados conforme necessidade da rede estadual

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Flavia Kurotori
São Paulo

A Seduc-SP (Secretaria de Educação do Estado de São Paulo) inicia, a partir do próximo dia 25, novo processo seletivo para contratar docentes temporários para a rede pública estadual em 2022. O prazo para se candidatar termina em 22 de novembro.

O salário é de R$ 2.886,24 e os professores cadastrados serão chamados de acordo com a necessidade da rede estadual de ensino.

Em uma sala de aula, uma mulher com cabelo comprido, vestida de preto, de máscara, está curvada sobre uma aluna. A aluna, vestida de rosa e com uma touca, está de costas para a câmera.
Seduc-SP irá contratar professores temporários para atuar em 2022 - Rivaldo Gomes/Folhapress

A inscrição deve ser realizada pela plataforma Banco de Talentos da Seduc, de forma autodeclatória. O processo será online e não é necessário apresentar os documentos na Diretoria de Ensino.

Outras informações sobre prazos e procedimentos para inscrição, assim como orientações sobre as demais etapas do processo seletivo, serão especificadas no Edital de Abertura de Inscrição, com previsão de publicação em 25 de setembro.

Veja quem pode se inscrever

  • Docentes com contratos celebrados em 2018 que se encerram no final do ano letivo de 2021
  • Candidatos com inscrição ativa no Processo Seletivo Simplificado – Banco de Talentos 2021
  • Candidatos sem vínculo com a Rede Estadual que pleiteiam celebrar contrato em 2022
  • Servidores da rede estadual que desejam o acúmulo de cargo/função com um novo contrato

Docentes que possuem contrato vigente ao longo do ano de 2022 não devem se inscrever, pois já possuem contrato ativo para 2022 e não há previsão legal para acúmulo de contratos.

Para esses casos, a atualização cadastral e de formação será por meio da inscrição no Processo Inicial de Atribuição de Classes e Aulas realizada de 30 de setembro a 8 de outubro.

Candidatos pretos, pardos e indígenas têm pontuação diferenciada, conforme previsto no decreto nº 63.979 de 2018. A verificação da veracidade das informações prestadas pelos candidatos será realizada pelas Diretorias de Ensino, por meio de Comissão de Heteroidentificação.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.