Descrição de chapéu Interior

Advogado é encontrado morto e pode ter sido atacado a pedradas

Idoso foi achado em uma chacara, na cidade de Campo Limpo Paulista

São Paulo

O advogado Antonio Carlos Pereira Faria, 78 anos, foi encontrado morto, supostamente a pedradas, por volta das 10h desta quarta-feira, em Campo Limpo Paulista (53 km de SP). Um jardineiro de 32 anos, que prestava serviços na chácara da vítima, foi preso suspeito pelo crime. A defesa dele não foi encontrada até a publicação desta reportagem.

Advogado foi encontrado morto, por policiais militares, em uma chacara, na cidade de Campo Limpo Paulista - Reprodução

Policiais militares faziam ronda quando avistaram o jardineiro agredindo um comerciante, em frente a um supermercado, no bairro Jardim Laura. Ao ser abordado, o suspeito teria também agredido um policial, provocando uma fratura na mão direita do agente, que passa bem.

Após ser contido, os PMs constataram que o jardineira havia chegado no local guiando um Jeep Renegade, pertencente ao advogado assassinado, dentro do qual foram encontradas marcas de sangue e uma pedra, também manchada com sangue, supostamente usada para matar Faria.

Com isso, os policiais foram rumo à residência do advogado, no bairro Figueira Branca, se deparando com o corpo da vítima, caído na estrada do Lago, sem número, com marcas de violência na cabeça. Ele foi identificado pelos policiais, com base em fotos de documentos encontrados dentro do Jeep guiado pelo jardineiro.

A forma como o assassinato ocorreu, além de sua motivação, ainda são investigados pela Polícia Civil.

O caso foi registrado como latrocínio (roubo com morte), resistência à prisão e lesão corporal na delegacia da cidade.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.