Com um pé na semi do Paulista, Santos encara o Red Bull

Claudinei Queiroz
São Paulo

Um dos destaques da vitória santista sobre o Red Bull no jogo de ida das quartas de final do Paulistão, o atacante Rodrygo terá mais uma vez um importante papel no duelo de volta, nesta terça-feira (26), às 20h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. E também mais um bom incentivo.

É que foi no estádio da Ponte Preta, onde o Red Bull manda seus jogos, que o camisa 11 marcou seu primeiro gol como profissional do Peixe, dia 25 de janeiro do ano passado, na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte, pelo Estadual.

Rodrygo bate bola em treino do Santos, no CT Rei Pelé; assim como no jogo de ida, ele novamente comporá o ataque santista com Eduardo Sasha
Rodrygo durante treinamento do Santos, no CT Rei Pelé; assim como no jogo de ida, ele novamente comporá o ataque santista com Eduardo Sasha - Ivan Storti/Santos FC/Divulgação

“Vai ser especial voltar ao Moisés Lucarelli, estádio onde fiz meu primeiro gol como profissional. Lembro como se fosse hoje daquele momento e, com certeza, serve de inspiração para poder fazer um grande jogo em busca da nossa classificação”, afirmou Rodrygo, de 18 anos.

Como venceu por 2 a 0 no Pacaembu, o Santos está muito perto de carimbar a vaga nas semifinais. Para não se classificar, precisaria perder por pelo menos três gols de diferença para o Red Bull. Se o time campineiro vencer por dois gols, leva a decisão para os pênaltis, enquanto os demais resultados classificam o Peixe.

Assim como fez na ida, o técnico Jorge Sampaoli deve escalar uma equipe mais ofensiva e pressionar desde o início, para não deixar os rivais tomarem conta do jogo. Desta forma, Eduardo Sasha deve começar ao lado de Rodrygo na frente, enquanto Jean Mota e Carlos Sánchez ficarão responsáveis pela criação das jogadas.

Salários em dia

Segundo o presidente José Carlos Peres, os salários dos jogadores foram pagos ontem. E o mandatário explicou o motivo do atraso: um problema com a empresa com a qual o Peixe negociava a antecipação da parcela referente à venda do atacante Rodrygo ao Real Madrid.

“Estamos desde janeiro e nunca atrasamos. O clube tem crédito de R$ 100 milhões, não estamos quebrados. Foi problema de fluxo de caixa. Foi saldado o pagamento hoje [ontem]. Havia a antecipação do dinheiro do Rodrygo, de cerca de R$ 90 milhões, e não ocorreu porque o grupo tinha feito seguro do jogador Sala, do avião que caiu no Canal da Mancha. O jogador acabou falecendo, havia cláusula que esse grupo estava segurando, tiveram prejuízo. Não só dos direitos econômicos, de 17 milhões de euros, mas no seguro de vida. O grupo recuou. Por isso acabaram nos dando dor de cabeça. Hoje resolvido, fizemos o crédito”, disse Peres.

FICHA TÉCNICA
RED BULL x SANTOS

Data: 26 de março de 2019
Horário: 20h
Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Juiz: Leandro Bizzio Marinho
Transmissão: SporTV

RED BULL: Júlio César; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Rafael Carioca; Uillian Correia, Jobson, Pio e Ytalo; Roberson e Osman. Técnico: Antonio Carlos Zago

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, G. Henrique e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez e Jean Mota; Eduardo Sasha e Rodrygo. Técnico: Jorge Sampaoli

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.