Timão pega a Chape com cabeça na final

De olho na decisão do Paulista, neste domingo (21), contra o São Paulo, Alvinegro terá reservas no jogo de ida da Copa do Brasil

Luís Marcelo Castro

Mesmo deixando a Fiel torcida com os cabelos em pé em quase todos os mata-matas disputados nesta temporada, o Corinthians deve ir a campo com um time praticamente reserva diante da Chapecoense nesta quarta-feira (17), às 21h30, em Santa Catarina, no jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil.

Isso porque o técnico Fábio Carille pretende deixar seus principais jogadores descansados para a finalíssima do Campeonato Paulista, no domingo (21), às 16h, em Itaquera.

Walter pratica defesa em treino do Corinthians; na ausência de Cássio, suspenso, o reserva ganha uma chance na meta do Timão diante da Chapecoense
Na ausência de Cássio, suspenso, Walter ganha uma chance na meta do Corinthians diante da Chapecoense - Daniel Augusto Jr. - 12.abr.19/Ag. Corinthians/Divulgação

Expulso na derrota para o Ceará na fase anterior, o goleiro Cássio cumpre suspensão e nem sequer viajou para Chapecó, assim como Danilo Avelar e Júnior Urso, que se recuperam de lesões.

Já o zagueiro Henrique e o volante Ralf vêm de uma grande sequência de partidas e provavelmente serão poupados. Carille não revelou a equipe que joga, mas também deve preservar nomes como Fagner e Gustagol.

“A ansiedade para chegar domingo logo é para todos no grupo. O cara que falar que não está pensando nisso, é mentira”, admitiu o meia Jadson, que deve ser outro a ganhar folga neste meio de semana.

Mesmo sem força máxima, o time do Parque São Jorge precisa tomar cuidado no estádio rival para não perder por um placar que torne difícil a recuperação no jogo de volta, em Itaquera.

Neste ano, o clube sofreu em quase todos os jogos eliminatórios que disputou: só passou nos pênaltis contra Racing-ARG, pela Sul-Americana, Ferroviária e Santos, no Paulista, e levou sustos diante de Ferroviário-CE, Avenida-RS e Ceará, pela Copa do Brasil.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.