Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Vestido, salto alto, lingerie, sexo e o apaixonante futebol

Vitor Guedes
São Paulo

Me leva onde eu quero ir, se quiser também pode vir, escuta o meu coração que bate no compasso da zabumba de paixão, é pra surdo ouvir, pra cego ver, que este xote faz milagre acontecer... Alô, povão, agora é fé! Futebol não é ato sexual, mas é f...! Lucas (ex-Marcelinho) Moura teve uma noite de Messi, de Cristiano Ronaldo... E, com três gols, todos no segundo tempo, o último anotado um segundinho além dos 50 minutos da parcial, comandou a virada antológica, improvável e espetacular do Tottenham sobre o Ajax por 3 a 2 e colocou a equipe londrina na decisão europeia contra o Liverpool, rival que conseguiu façanha ainda mais improvável e inverossímil sobre o Barcelona na véspera.

Lucas comemora com a torcida, em frente aos seus companheiros, a classificação do Tottenham à final da Liga dos Campeões, após os seus três gols no Ajax
Lucas comemora com a torcida, em frente aos seus companheiros, a classificação do Tottenham à final da Liga dos Campeões, após os seus três gols no Ajax - Adrian Dennis/AFP

Outra vez, não dá para falar de tática, de técnica, de estratégia... Foi, novamente, a vitória da eternidade do mágico futebol.

Liverpool 4 x 0 Barcelona, Ajax 2 x 3 Tottenham... E tem gente que gosta de pontozzz corridozzz. Perdoai, Pai, eles não sabem o que dizem...

Como o sexo é força da natureza, futebol é, sem dúvida, a melhor invenção humana. No mínimo, em empate técnico com vestido bem cortado, salto alto, lingerie transparente de renda, depilador, perfume... E acima do sensacional ar condicionado!

Viva o mata-mata!

Tenho fé, convicção mesmo, na vida após a morte. Só não acredito que Johan Cruyff, esteja onde tiver, tenha sobrevivido às viradas inacreditáveis (para não dizer ridículas e armagedônicas) sofridas pelos seus dois amores, Barcelona e Ajax...

Charles Bukowski: “Tudo é inverossímil enquanto não acontece pela primeira vez. Quem há de acreditar em coisas que ainda estão por vir?”

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.