Valente, São Paulo segura o líder Flamengo no Rio

Na estreia do técnico Fernando Diniz, Tricolor evita a nona vitória seguida do rival

Luca Castilho

Na abertura da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo visitou o Flamengo, no estádio do Maracanã, e conseguiu arrancara o empate sem gols.

A partida, que marcou a estreia de Fernando Diniz no comando tricolor, parou uma sequência de oito vitórias seguidas do Rubro-Negro - que também havia vencido todas as 10 partidas como mandante -, mas manteve um retrospecto negativo do São Paulo, com apenas uma vitória nos últimos sete jogos.

Daniel Alves disputa a bola com Willian Arão
O meia são-paulino Daniel Alves tenta executar o lançamento é travado pelo volante Willian Arão, do Flamengo. - Rubens Chiri/saopaulofc.net

Com o resultado, o líder carioca, que soma 49 pontos, pode ver o vice Palmeiras (45) encurtar a distância para apenas um ponto, caso o Alviverde (leia mais à pág. C3) vença o Internacional.
O Tricolor (36) também liga o sinal de alerta, já que pode ser ultrapassado por Corinthians, Grêmio e Bahia e sair do G-6 neste domingo.

Depois de um inicio de jogo com um ritmo intenso, incluindo uma finalização perigosa de Pablo logo aos dois minutos, o Tricolor viu o Flamengo crescer na partida, principalmente pelos pés de Bruno Henrique, Gabigol e Arrascaeta.

Ditando as ações do jogo, a equipe da casa passou a pressionar os paulistas no campo de ataque. Das 10 finalizações do Flamengo na etapa inicial - contra quatro do São Paulo -, três foram perigosas.
A principal foi uma cabeçada de Willian Arão, aos 17min, defendida pelo goleiro Tiago Volpi em cima da linha. Já no final da etapa, aos 47min, Tchê Tchê teve uma grande chance dentro da área, quando teve o arremate travado.

Mesmo com 59% de posse de bola, os cariocas sentiram a falta de Rafinha, Filipe Luis e Gerson, poupados para a Libertadores, e pouco criaram. O São Paulo soube se defender e segurou a igualdade para o intervalo.

Na volta do intervalo, Jorge Jesus voltou com Gerson e Rafinha na vaga de Piris da Motta e Rodinei, respectivamente. Logo aos 8min, Bruno Henrique invadiu a área e bateu colocado, exigindo grande defesa de Volpi.

Aos poucos, o Tricolor equilibrou o jogo e conseguiu chegar ao gol adversário com Pablo e Antony, mas sem grande perigo para Diego Alves.

Aos 20min, duas brilhantes defesas de Volpi em chutes de Gerson e Rafinha, salvaram a meta são-paulina. O São Paulo respondeu no minutos seguinte, com bom chute de Antony cara a cara com Diego Alves, em que o goleiro levou a melhor.

O Flamengo seguiu pressionando, mas pouco criou e o placar terminou em 0 a 0.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.