Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: A revolução de Jesus é botar jogador para jogar!

Vitor Guedes
São Paulo

Olha aí, meu bem, prudência e dinheiro no bolso... Alô, povão, agora é fé! O Flamengo, que já é o campeão brasileiro, ainda não conquistou a América e, como está fazendo a sua primeira boa temporada, é precoce falar em hegemonia, mas só um idiota completo para negar o ótimo futebol e o impacto positivo da chegada de Jorge Jesus.

Jorge Jesus cumprimenta Gabigol em partida do Flamengo; o mérito do técnico português é colocar todo mundo para jogar todos os jogos
Jorge Jesus cumprimenta Gabigol em partida do Flamengo; o mérito do técnico português é colocar todo mundo para jogar todos os jogos - Mauro Pimentel - 31.jul.19/AFP

E, na quinta-feira (23), pós-atropelamento flamenguista sobre o Grêmio, falou-se mais do Fla, da Libertadores e do nosso futebol do que da Liga dos Campeões da Europa... E olha que teve vitória do Barça com direito a gol de Messi!

O santista fica imaginando o que seria do Peixe se Sampaoli tivesse Gabigol e Bruno Henrique para escalar; o palmeirense, que viu seu time gastar tanto quanto o Fla, imagina quantas voltas olímpicas daria no ano se Alexandre Mattos não queimasse dinheiro em contratações estapafúrdias; o são-paulino, que não aguenta mais o jejum, viu a diretoria de Leco jogar dinheiro fora e ter mais jogos do que gols na temporada; o corinthiano, que festejou o tri paulista com Carille, não aguenta mais ver o time jogando por "nenhuma" bola...

Agora, esqueçamos a cornetada de cada um, as questões táticas e foquemos no que já é o maior legado de Jorge Jesus: não poupar! O Flamengo, que está jogando completo no Brasileirão, sem fronhice de poupar todo mundo, atropelou o Grêmio com Arrascaeta voltando de operação no joelho, com Rafinha com máscara na cara... 

Jogador ganha (muito bem) para jogar!

Desde 1995 trabalhando como jornalista, nunca chamei treinador de "professor" nem de "mister", muito menos aplaudi entrevistado. Seja ele quem for, do meu time ou do rival, em entrevista de título mundial ou pós-rebaixamento. E a culpa não é de Jesus, que, até onde vi, não se "autoaplaudiu"... Vergonhoso!

Mario Quintana: "Dizes que a beleza não é nada? Imagina um hipopótamo com alma de anjo... Sim, ele poderá convencer os outros de sua angelitude, mas que trabalheira!"

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.