Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Olimpíada já tem data, mas não tem mundo definido

Pandemia do novo coronavírus mudará as prioridades do planeta

São Paulo

Seus filhos erravam cegos pelo continente, levavam pedras feito penitentes, erguendo estranhas catedrais... Alô, povão, agora é fé! O Comitê Olímpico Internacional anunciou que Tóquio-2020 será entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021.

Da série “o que será o amanhã?”, o que o COI ainda não anunciou porque, como o restante da Terra redonda, não sabe é em que mundo rolará os Jogos Olímpicos.

Após o anúncio das novas datas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o relógio que faz a contagem regressiva voltou a funcionar, na estação de trem da capital japonesa
Após o anúncio das novas datas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o relógio que faz a contagem regressiva voltou a funcionar, na estação de trem da capital japonesa - Philip Fong/AFP

Pós-pandemia, qual o papel das bandeiras nacionais em um mundo cada vez mais globalizado, em que todos dependem de todos? Qual o tamanho do dinheiro que circulará no mundo e quanto dessa grana será empregada na indústria do esporte?

Com a concorrência da Eurocopa e de todo um calendário esportivo achatado pelo coronavírus, em que condições físicas e técnicas serão disputadas a Olimpíada? Quanto as pessoas, que são os patrões do Estado, estão dispostas a investir no esporte de alto rendimento, buscando medalhas, e quanto esses investimentos serão questionados, reprovados?

Será que a partir de agora, quando o mundo voltar a circular normalmente, a maioria do povo aprovaria como aprovou com larga maioria que o Brasil se candidatasse a sediar Olimpíada, Copa do Mundo e gastasse dinheiro em estruturas que atendessem as necessidades de COI e Fifa em detrimento de escolas, hospitais, moradia e transporte público?

Da série “o estandarte do sanatório geral vai passar”, não pule no esgoto nem escute as sandices da turma que, após tentar ensinar cristianismo ao papa, terraplanismo à Nasa, “nazismo de esquerda” à Alemanha e Pink Floyd a Roger Waters, acha que tem capacidade de ensinar à OMS a melhor maneira de combater a pandemia do coronavírus combatendo ciência com achismo ignorante e criminoso.

Se puder, fique em casa, proteja você, quem você ama e toda a sociedade. Vai passar!

José Saramago: “A lucidez é um luxo que nem todos se podem permitir”.

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Vitor Guedes
Vitor Guedes

43 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.