Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: VARmengo leva VARgonhão com decisão do VAR do Beira-Rio!

O VAR fez a diferença para os cariocas ao anular um "pênalti" para o Inter

São Paulo

Fique de olho no apito, que o jogo é na raça e uma luta se ganha no grito... Alô, povão, agora é fé! Os jogadores do Flamengo reunidos em volta de um celular torcendo para o VAR confirmar o impedimento de Edenilson no último dos gols anulados do Inter no 0 a 0 contra o Corinthians foi um final patético e constrangedor à altura do lixo que foi o desmoralizado Campeonato Brasileiro de VARtebol decidido, sem nenhuma transparência nem competência, pelas cabines do VAR.

Elenco rubro-negro comemora a conquista do Campeonato Brasileiro de VARtebol, mesmo com a derrota para o São Paulo no Morumbi
Elenco rubro-negro comemora a conquista do Campeonato Brasileiro de VARtebol, mesmo com a derrota para o São Paulo no Morumbi - Nelson Almeida - 25.fev.21/AFP

Em uma rodada em que tanto Flamengo quanto Inter foram incompetentes, o VAR fez a diferença para os cariocas ao anular um "pênalti" que foi dado em outras rodadas e invalidados no Beira-Rio contra o Corinthians.

Tanto o gol de Edenilson, no finalzinho do jogo, quanto de Yuri Alberto, na primeira etapa, foram marcados em clara condição de impedimento e nem sequer precisariam ser checados se a arbitragem brasileira não fosse uma tragédia completa. Entre uma banheira e outra, teve outro gol colorado, anulado antes da conclusão para o gol quando foi anotada falta de Abel Hernández em Cássio.

O Inter não tem como botar toda conta da perda do título no apito porque venceu, por exemplo, Bragantino e Grêmio com "pênaltis" inventados. Agora, não dá para negar que o Flamengo venceu o Corinthians com um gol dado pelo VAR (até agora a imagem não comprova condição legal de Gabigol) e bateu no Colorado com a expulsão absurda de Rodinei.

Ganhou Flamengo, mas poderia ter vencido o Inter que não dá para tirar da arbitragem (lixo do VAR incluso) o protagonismo nefasto e armagedônico de um campeonato em que, em quase todas as 38 rodadas, o circo eletrônico roubou escandalosa e decisivamente a cena: teve "gol" que a bola não entrou, teve gol do ponto cego do VAR, teve gol anulado por erro na linha do VAR...

Parabéns, VARmengo!

Gaciba ainda comandar a arbitragem brasileira é a consagração da desmoralização!

José Saramago: "Se queres ser cego, sê-lo-ás".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! E nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovitao!

O vilão do Descalibração de VARtebol

GACIBA - O fato de o craque, oficialmente eleito, ser o artilheiro do 10º colocado (Claudinho, do Bragantino) reitera que não foi um campeonato decidido dentro de campo. Ao contrário, o protagonismo escandaloso foi do apito comandado por Leonardo Gaciba
GACIBA - O fato de o craque, oficialmente eleito, ser o artilheiro do 10º colocado (Claudinho, do Bragantino) reitera que não foi um campeonato decidido dentro de campo. Ao contrário, o protagonismo escandaloso foi do apito comandado por Leonardo Gaciba - Lucas Figueiredo - 19.ago.19/CBF/Divulgação

TROFÉUS

PENSADOR
Marcão - O elenco do Flamengo, disparado o melhor do país, foi campeão apesar de Domènec Torrent e de Rogério Ceni; o Inter perdeu o título em casa precisando fazer um gol e Abel Braga manteve Galhardo no banco até metade do segundo tempo; e Sampaoli fez o de sempre: gastou os tubos, não ganhou nada e saiu brigado e não deixando saudade! Por tudo isso, Marcão, o interino do Fluminense, foi o técnico do fraquíssimo Campeonato Brasileiro de VARtebol.

O "CARA"
Gatito - Gérson reiterou, em campo, que merece ser titular da seleção, Edenilson fez o que pôde para manter o Inter na briga até os acréscimos do último jogo, mas ninguém fez mais pelo futebol do que Gatito Fernández. Ao chutar o lixo do VAR, Gatito lavou a alma de todos nós que amamos o futebol e não nos conformamos com esse lixo maldito que assassina a alma do jogo e, em troca, não oferece nem transparência nem justiça! É o craque do VARgonhão-2020!

DESTAQUES DO DESCALIBRADÃO-2020 DE VARTEBOL

Pipocada DVD!

Se o Flamengo não fez nada para ser campeão: ao contrário, o melhor time do país nem sequer conseguiu empatar com o, acredite, raçudo São Paulo, o Internacional fez ainda pior. Contra um Corinthians desmobilizado, desinteressado e sem lateral titular nem reserva, o Inter não conseguiu pressionar e, com três gols bem anulados (dois pelo VAR) e um pênalti também anulado pelo circo eletrônico (eu também não marcaria, mas foram dados "pênaltis" iguais no Descalibradão), ficou no 0 a 0, um empate que merece DVD. A Fiel, que não esquece Goiás 2 x 1 Inter em 2007, tem motivos para estar orgulhosa do 0 a 0.

seleção dos melhores jogadores do brasileirão 2020
Arte Agora
seleção dos piores jogadores do brasileirão 2020
Arte Agora
Vitor Guedes
Vitor Guedes

44 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.