Detran.SP abre concurso com 400 vagas; salário chega a R$ 4.600

As vagas, de níveis médio e superior, estão distribuídas em 224 cidades

Patrícia Pasquini
São Paulo

O Detran.SP (Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo) abriu concurso público para o preenchimento de 400 vagas de níveis médio e superior, distribuídas em 224 cidades. Destas, 73 estão na capital paulista e na região me­tropolitana.

Das oportunidades, 200 são destinadas ao cargo de oficial estadual de trânsito e as demais são para agente esta­dual de trânsito. As inscri­ções, que custam R$ 45 e R$ 75, respectivamente, poderão ser feitas a partir das 10h de sexta-feira (5 de abril) até as 14h de 6 de maio, exclusivamente pelo site da
Fundação Carlos Chagas, or­ganizadora do concurso. O endereço é www.concur­sosfcc.com.br.

Para participar, é preciso ter idade mínima de 18 anos completos até a data de ad­missão, estar com o CPF re­gular e em dia com a Justiça Eleitoral, além de não pos­suir antecedentes criminais. Homens devem estar em dia com as obrigações do serviço militar, entre 1º de janeiro do ano em que completar 19 anos e 31 de dezembro do ano em que completar 45.

 

Para oficial de trânsito, é exigido o ensino médio ou curso técnico profissionali­zante de nível equivalente completo. O  cargo tem salário de R$ 1.863. Os candida­tos à carreira de agente de trânsito devem ter formação superior em qualquer área e CNH (Carteira Nacional de Habili­tação) categoria B. O sa­lário inicial é de R$ 4.657,50.

Os aprovados serão contratados sob o regi­me da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e terão carga semanal de 40 horas. As provas para os dois car­gos serão realizadas no dia 7 de julho, nos períodos da
manhã e da tarde. A Fundação Carlos Chagas informará os locais e horários por email.

A convocação para as pro­vas será publicada nos sites da organizadora e do De­tran.SP, além do "Diário Oficial" do estado de SP. Os candidatos farão provas objetivas de conhecimentos gerais e
específicos, com questões de múltipla escolha e redação. A duração será de 4h30.

Ao todo, os candidatos te­rão de responder 60 pergun­tas de português, matemáti­ca e raciocínio lógico, noções de informática, direito cons­titucional, direito adminis­trativo e legislação de trânsi­to. O conteúdo programático completo pode ser consulta­do no edital.

Para ser aprovado, é ne­cessário obter média ponderada igual ou superior a seis nas provas objetivas e de re­dação. Não será permitido zerar em nenhuma das disci­plinas das provas objetivas.

Segundo o Detran.SP, o último concurso ocorreu em 2013 e disponibilizou 1.200 vagas para 217 cidades. Diferente­mente da seleção anterior, o novo concurso exigirá reda­ção e trará questões de direito constitucional, além de demandar conhecimento maior em legislação de trân­sito.

Os candidatos também devem indicar a cida­de de interesse e não a re­gião, como no anterior. Não haverá prova de títulos.

A Fundação Carlos Chagas disponibiliza um serviço de atendimento ao candidato pelo telefone (11) 3723-
4388, de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.