Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Aposentado aguarda retirada de árvore desde 2012

Leitor afirma que há 7 anos vai pessoalmente à Subprefeitura da Vila Formosa/Aricanduva para fazer o mesmo pedido

Havolene Valinhos

O aposentado Sebastião Henrique, 76 anos, do Jardim Record, Vila Formosa (zona leste), conta que, há sete anos, solicita a retirada de uma árvore em frente à sua casa, mas reclama que não é atendido pela Prefeitura de São Paulo.

Segundo o leitor, a raiz está estragando a calçada e estourando o piso da garagem de sua residência. “Em janeiro, um engenheiro da Subprefeitura da Vila Formosa/Aricanduva esteve aqui para analisar a situação e, inclusive, aprovou a retirada da árvore. O fato é que, até o momento, ninguém apareceu para fazer o serviço. Estou esperando até agora. Considero um descaso e um desrespeito como cidadão”, queixa-se à reportagem.

O leitor Sebastião Henrique conta que a Prefeitura não poda arvore que esta em frente de sua casa - Rivaldo Gomes/Folhapress

"Para se ter ideia, venho registrando, desde 2012, várias solicitações na subprefeitura. Vou pessoalmente fazer as queixas. No entanto, essa situação desanima qualquer pessoa.” O leitor relata que a última poda foi realizada no ano passado. “Os galhos já estão enormes novamente. Um deles caiu um dias desses na rua. Ainda bem que não chegou a machucar ninguém, mas poderia ter ocorrido um acidente. Além disso, tenho medo de que ela caia sobre a casa de alguém porque fica perto do muro, na divisa com a residência do meu vizinho”, afirma ao agora. “Peço a intervenção do Defesa do Cidadão para solucionar o meu caso. Não sei mais a quem recorrer”, diz

Serviço será feito até o dia 28

A Subprefeitura Aricanduva/VilaFormosa informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que a demanda do leitor já estava na sua programação mensal e o serviço será realizado até o dia 28 de junho.

Em novo contato com a reportagem, o aposentado Sebastião Henrique afirmou que aguardará uma solução definitiva da prefeitura para o seu pedido. “Espero que realmente retirem essa árvore. Caso contrário, reclamarei de novo”, afirmou o leitor.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.