Descrição de chapéu INSS Previdência

Calculadora do INSS vai mostrar valor da aposentadoria por tempo de contribuição

Simulação estará disponível em até dois meses; calculadora por idade já funciona

Clayton Castelani
São Paulo

Os trabalhadores do setor privado poderão simular o valor da aposentadoria por tempo de contribuição na internet ou pelo celular por meio do Meu INSS, que é a central eletrônica de serviços da Previdência. 

O cálculo estará disponível em até dois meses, segundo o coordenador-geral de modelagem do atendimento no INSS, Ailton Nunes.

A aposentadoria por tempo de contribuição é concedida a quem completa um período de recolhimentos ao INSS de 30 anos (mulher) ou de 35 anos (homem).  

Nesta quarta-feira (19), o INSS disponibilizou a calculadora na internet para simulação da renda mensal da aposentadoria por idade, que é concedida ao trabalhador que cumpre a carência de 180 contribuições mensais, o que equivale a 15 anos. O benefício também requer idade mínima de 60 anos, para a mulher, e de 65 anos, para o homem. 

O serviço está disponível por meio dos sites meu.inss.gov.br e  gov.br/meuinss ou em aplicativos de smartphones com sistemas operacionais Android e iOS.

 A espera para o lançamento da calculadora por tempo de contribuição é necessária, segundo Nunes, porque o sistema está sendo adaptado para realizar uma simulação mais complexado do que a exigida para os benefícios por idade.

“Ainda não lançamos [a calculadora da aposentadoria por tempo de contribuição] porque estamos fazendo o ajuste para incluir a regra 86/96”, disse. 

A regra mencionada pelo coordenador só é aplicada ao benefício sem idade mínima e tem a função de permitir a aposentadoria integral (sem desconto do fator previdenciário) quando a soma da idade ao tempo de contribuição do beneficiário resulta em 86, para a mulher, ou em 96, para o homem. 

"Como o nosso objetivo é disponibilizar o serviço à população assim que ele fica pronto, nós antecipamos a calculadora da aposentadoria por idade porque ela já estava pronta", disse Nunes. 

Para fazer a simulação automática da renda mensal do segurado, o novo sistema acessa o Cnis (cadastro de contribuições) do segurado.

Antes, a consulta à base de dados do Cnis permitia apenas a verificação do tempo de contribuição acumulado e se os requisitos para ter o benefício tinham sido alcançados.

Existe ainda no site do INSS (inss.gov.br) um simulador antigo, que pode ser usado para calcular a renda da aposentadoria por tempo de contribuição. Esse sistema, porém, depende que o segurado informe, mês a mês, os valores dos salários recebidos.

Como usar

  • A calculadora está disponível pelo Meu INSS
  • O acesso é pelo sites gov.br/meuinss ou meu.inss.gov.br
  • O aplicativo Meu INSS também está disponível para Android e iOS 

Acesso

  • Acesse o Meu INSS e procure por “Agendamentos/Requerimentos” e escolha “Calculadoras”
  • Para que o sistema possa acessar os valores recolhidos, é preciso fazer um cadastro no Meu INSS
  • Por enquanto, o segurado conseguirá simular apenas a renda da aposentadoria por idade

Não dá

  • A simulação não está disponível pelo telefone 135 ou nos postos da Previdência
  • Mas quem procurar esses meios será instruído sobre como acessar o Meu INSS

Cadastro

  • Para usar a calculadora, é recomendável realizar um cadastro
  • Por segurança, o usuário precisará responder a um questionário 
  • Isso permitirá ao sistema acessar o Cnis (cadastro de contribuições)
  • A calculadora também está disponível para quem não é cadastrado
  • Mas o beneficiário precisará preencher os dados manualmente 

Calculadora

  1. No menu principal, escolha a opção “Calculadoras” 
  2. Acesse a "Calculadora de Aposentadoria por Idade" 
  3. O sistema apresentará os vínculos já registrados no Cnis. Se precisar, clique sobre o lápis para alterar datas de vínculos 
  4. É possível acrescentar períodos contribuídos clicando em “Adicionar Vínculos”
  5. Ao clicar em “Calcular”, o sistema informará:
  • Valor da aposentadoria
  • Idade exata do segurado
  • Tempo contribuído ao INSS
  • Número de recolhimentos mensais
  • Carência para o benefício
  • Idade mínima exigida   

Atenção
A simulação realizada na calculadora do INSS não é uma contagem oficial
O benefício só será concedido após a análise do requerimento do segurado
 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.