Funcionalismo: servidor emendará feriado de Corpus Christi

Decreto autoriza folga na próxima sexta-feira, 21, para repartições estaduais

Marcela Marcos
São Paulo

As repartições públicas estaduais terão experiente suspenso no próximo dia 21, sexta-feira, um dia após o feriado de Corpus Christi. 
 

Criança vestida de anjo, à esquerda, passeia sobre tapete de Corpus Christi
Douglas Magno/AFP

O decreto com a suspensão dos trabalhos foi publicado no “Diário Oficial” do estado de São Paulo na última terça-feira (11), e está valendo desde então. 

A determinação, porém, é para que os servidores compensem as horas não trabalhadas, cabendo ao superior hierárquico fazer a compensação de acordo com as características do serviço.

Quem não compensar as horas referentes à emenda de feriado poderá ter o dia descontado como falta.

As repartições públicas que prestam serviços essenciais e de interesse público e que, portanto, não podem suspender o funcionamento terão expediente normal neste dia.

Os dirigentes de autarquias estaduais e de fundações instituídas ou mantidas pelo poder público têm liberdade de adequar as orientações a suas entidades.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.