Funcionalismo: sindicato vai à Justiça contra descontos

Professores estaduais estariam tendo desconto em licenças médicas

Cristiane Gercina
São Paulo

O setor jurídico do CPP (Centro do Professorado Paulista) entrou com uma ação coletiva contra descontos que estariam ocorrendo nos salários dos professores do estado. O processo deverá valer para os associados do sindicato.

Escola Estadual Milton da Silva Rodrigues, na zona norte da capital paulista, implantou tecnologia na sala de aula - Rivaldo Gomes/Folhapress

Segundo a entidade, os professores relatam que há descontos referentes a períodos de licença saúde antes mesmo da resultado da perícia médica realizada, do pedido de reconsideração ou recurso serem publicados no “Diário Oficial” do estado de São Paulo.

A orientação do CPP, no entanto, é para que o primeiro passo dos educadores que sofrem descontos na renda seja fazer um requerimento para a devolução dos valores. Há dois modelos de requerimento no site www.cpp.org.br. Um deles é para recuperar os valores quando ainda não foi publicado resultado de reconsideração ou recurso.

O outro documento disponível é para receber de volta o valor quando não houve resultado da perícia.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.