Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Leitor cobra da CET fiscalização em rua

Contador afirma que veículos estacionam em frente à sua garagem

Havolene Valinhos
São Paulo

O contador Nelson Kazunori Igarashi, 68 anos, da Vila Ramos, na Freguesia do Ó (zona norte), afirma que, quase todos os dias, carros e caminhões estacionam em frente aos portões das garagens das casas da rua Monsenhor João Lauriano, onde mora, impedindo a entrada e a saída de seu veículo e dos carros de seus vizinhos.

Nelson Kazunori Igarashi em frente à sua casa, na região da Freguesia do Ó, mostra que peso de caminhões e veículos já danificou a sua calçada
Nelson Kazunori Igarashi em frente à sua casa, na região da Freguesia do Ó; ele diz que peso de caminhões e veículos já danificou a sua calçada - Rivaldo Gomes/Folhapress

Igarashi relata que tem um supermercado na rua e, diariamente, há intensa descarga de mercadorias.

“Essa situação ocorre há dez anos. Não sei mais a quem recorrer. Os caminhões vêm fazer entregas e estacionam na contramão. Já quebraram a minha calçada por causa do peso. Essa situação ocorre o dia inteiro”, queixa-se.

O leitor afirma que tem ligado constantemente para a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) solicitando providências, mas reclama que os seus pedidos não são atendidos.

“A minha rua é estritamente residencial e todos os moradores possuem carros, mas sempre nos deparamos com esses veículos estacionados irregularmente em frente aos portões”, afirma à reportagem.

“Frequentemente estacionam veículos dos dois lados da rua, estreitando e, por vezes, até impedindo a passagem de outros carros, além de prejudicar a visibilidade”, conta ele ao Agora.

O leitor diz que a sua rua também dá acesso à avenida Itaberaba. “Por causa  dessa via, o fluxo se intensifica. A CET precisa tomar as devidas providências.”

CET: 1188

Companhia realiza autuações

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) esclarece que foram registrados nove protocolos de atendimento de fiscalização para a rua Monsenhor João Lauriano somente neste ano.

A companhia diz ainda que foram feitas autuações e a remoção de três veículos estacionados irregularmente no local. A CET afirma estar à disposição pelo telefone 1188, com atendimento 24 horas para informações de trânsito, ocorrências, reclamações, remoções e sugestões.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.