Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Leitor quer a troca de liquidificador; veja outras reclamações

Aposentado afirma que eletrodoméstico não tritura bem frutas e legumes

Havolene Valinhos Ana Paula Branco

O aposentado José Mauro Alves dos Santos, 69 anos, da Água Rasa (zona leste), conta que, no dia 15 de maio, comprou um liquidificador Mondial, por R$ 129. No entanto, o leitor reclama que o eletrodoméstico não realiza as funções citadas pelo vendedor no ato da compra.

“Ele disse que o equipamento fazia tudo que precisávamos, como bater massas, frutas e legumes. Porém, o liquidificador não tritura as frutas e legumes totalmente. Ficam pequenos pedaços, difícil para uma criança pequena engolir.” 

Santos relata que entrou em contato com a central de atendimento da empresa e anotou diversos números de protocolos de reclamações, mas nenhuma providência foi tomada. 

“Apenas dizem para levar na assistência autorizada. Todas as vezes o técnico verifica o eletrodoméstico, afirma que não há nenhum defeito. E se não está fazendo a função que deveria, preciso apenas solicitar a troca do produto. Quero que a Mondial substitua o aparelho. Não importa se for de outro modelo. O que não dá é permanecer com esse desgaste.”

Foto de liquidificador com diversos alimentos - Eduardo Knapp/Folhapress

Fabricante promete fazer a substituição

A Mondial informa, por meio de sua assessoria de imprensa, que entrou em contato com o consumidor e fará a troca do produto.

A empresa afirma ainda que o consumidor está ciente dos procedimentos e envio dos documentos necessários para realizar a substituição do liquidificador e da data prevista para a entrega do novo item.

Mondial: 0800-550393

Veja outras reclamações

Bradesco

Desde 2017, Luiz Antonio Valente do Sacramento, 57 anos, de Saquarema (RJ), tenta receber as faturas do seu cartão de crédito Bradesco em casa. Segundo ele, o banco alega que o CEP não existe. “Eu estava retirando pelo internet banking, mas, em abril, o Bradesco fez o favor de retirar o link de segunda via de faturas.” 


Resposta 

Em nota enviada por meio de sua assessoria de imprensa, o Bradesco esclarece que encaminhou correspondência para o cliente Luiz Antonio Valente do Sacramento com as devidas explicações. O banco afirma ainda que permanece à disposição.

Pão de Açúcar 

Em 14 de maio, Ricardo Ferreira Cardoso, de Bauru (329 km de SP), foi abastecer seu carro com álcool em um posto do Grupo Pão de Açúcar, usando o desconto para Cliente Mais. “Porém disseram que era só pelo aplicativo. Instalei, e então a atendente disse que o desconto pelo aplicativo não é dado todos os dias.” 


Resposta

A rede afirma que entrou em contato com Ricardo Ferreira Cardoso para esclarecer o funcionamento de ofertas por meio de seu programa de fidelidade via aplicativo. A empresa ressalta que está à disposição em seus canais.

TIM

“A TIM me reembolsou depois que o Agora conversou com eles, mas fui recarregar R$ 20 e recebi uma mensagem dizendo que suspenderam minha linha. Que absurdo é esse? Eu preciso do número“, diz 
Claudina Diniz Chagas


Resposta 

O centro de relacionamento com o cliente TIM afirma que, para prosseguir com o tratamento do caso de Claudina Diniz Chagas, é necessário o envio de comprovantes da inserção de créditos, o que, até o momento, não foi feito pela cliente.

Saúde 

Há dois meses, a aposentada Ana Paula Pereira da Silva, 24 anos, do Jardim Vista Alegre (zona norte), aguarda um exame do pulmão. A leitora afirma que, sempre que reclama ao Hospital Dia da Rede Hora Certa Brasilândia, pedem para que aguarde. 

Resposta 

A Coordenadoria Regional de Saúde Norte diz que Ana Paula Pereira da Silva passou em consulta com pneumologista em 11 de março, quando foi solicitado o exame de prova da função pulmonar. O procedimento afirma, foi agendado para o dia 25 de junho.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.