Trabalhadores encontram 5.642 vagas nesta semana

Há oportunidades de emprego em diferentes áreas e níveis de escolaridade

Ana Paula Branco
São Paulo

Quem está em busca de recolocação no mercado de trabalho ou do primeiro emprego pode se candidatar às vagas disponíveis nas centrais públicas do governo do estado e da Prefeitura de São Paulo. Nesta semana, são 5.642 oportunidades.

Nas unidades do CATe (Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo), administradas pela prefeitura, há 1.303 chances em diferentes áreas e para vários níveis de escolaridade.
Quem não tem experiência e concluiu o ensino fundamental pode se candidatar a uma das dez vagas de empacotador a mão. A empresa paga R$ 1.200.

Pessoas aguardam para serem atendidas no feirão de vagas, ocorrido em março, no Vale do Anhangabaú
Pessoas aguardam para serem atendidas no feirão de vagas, ocorrido em março, no Vale do Anhangabaú - Rubens Cavallari/Folhapress 26 mar.2019

Há ainda 60 postos de atendente de lanchonete para o profissional que tem o ensino médio completo. Não é necessário experiência anterior na função. O salário é de R$ 1.000.

Quem tem pelo menos seis meses de experiência como auxiliar de limpeza pode concorrer a umas das 15 vagas. O candidato deve ter o ensino médio completo. A remuneração oferecida é de R$ 1.396.
Os interessados nas chances oferecidas na capital devem comparecer a uma das unidades do CATe, das 8h às 17h, com RG, CPF, PIS e carteira de trabalho.

Pelo programa Emprega São Paulo, da gestão estadual, são 4.339 vagas. Entre elas, há dez para recepcionista de consultório em Itapecerica da Serra (Grande SP). O programa tem ainda 20 postos para eletricista de manutenção eletroeletrônica em Itapevi e outras 30 em Barueri, todas localizadas na Grande SP.

A Secretaria de Estado de Emprego e Relações do trabalho não divulgou salários nem exigências. Para se candidatar, é preciso comparecer a um PAT com RG, CPF, PIS e carteira de trabalho. O sistema de vagas é online e pode sofrer alteração conforme o preenchimento das oportunidades.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.