Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Poste de luz está encostado em casa

Leitora afirma que, há quase três meses, um carro bateu em um poste localizado na calçada de seu imóvel; ela espera solução

Kelly Mantovani
São Paulo

A dona de casa Maria Gadelha, 63 anos, de Guarulhos (Grande SP), conta que, há quase três meses, um carro bateu em um poste na frente de seu imóvel.

O acidente ocorreu à noite, quando ela e o marido José Hermes Rodrigues da Cruz, 65, não estavam em casa. Ela relata que, quando chegaram, havia uma movimentação na rua, e a vizinhança comentava a situação, mas, não tinha mais nada além do poste inclinado na direção do telhado.

A dona de casa Maria Gadelha, 63 anos, de Guarulhos (Grande SP), conta que já solicitou providências para a EDP, mas reclama que, até o momento, não foi atendida pela empresa de energia
A dona de casa Maria Gadelha, 63 anos, de Guarulhos (Grande SP), conta que já solicitou providências para a EDP, mas reclama que, até o momento, não foi atendida pela empresa de energia - Martha Salomão/Folhapress

 A casa, que fica na rua de baixo onde moram, estava disponível para aluguel e havia pessoas interessadas. “Nós queríamos alugar, mas as pessoas ficaram com medo”, disse Maria. 

A dona de casa diz que ligou diversas vezes para a central de atendimento da EDP, empresa responsável pela energia na região, porém, a leitora reclama que nenhuma providência foi tomada para resolver a situação. “Isso é um absurdo. O carro levou a base do poste e ele está apoiado na minha casa. Peço o apoio do Agora”, afirma.

Segundo Maria, há cerca de 15 dias, funcionários da empresa chegaram a ir até o local para cavar um buraco. “Colocaram uma tábua em cima e a situação ainda não foi resolvida”, queixa-se.
 
EDP: 0800-7210123

Distribuidora realiza troca

A EDP informa, por meio de nota enviada por sua assessoria de imprensa, que realizou inspeção no poste e afirma que ele não oferece risco à segurança.  

No entanto, a empresa afirma que a substituição já estava no cronograma e foi realizada ontem.

Em novo contato com o Agora, a leitora confirmou a informação. “Finalmente trocaram o poste. Agradeço ao Defesa do Cidadão pela intervenção.”

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.