Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Empresário reclama de atendimento em hospital

Segundo leitor de São Paulo, sua mãe foi internada em setor de pós-operatório

São Paulo

O empreendedor Luiz Fernando do Nascimento, 39 anos, conta que, em 13 de junho, sua mãe, Maria Antonia do Nascimento, 79, foi internada no Hospital Santa Clara para a realização de uma ressonância magnética. Porém afirma que o exame não foi feito. Ele reclama da falta de informações e de falhas no atendimento.

Morador de São Mateus (zona leste), Nascimento explica que, no dia anterior, sua mãe havia passado mal. “A levei a um hospital credenciado ao convênio, mais próximo de casa. O médico sugeriu que fosse realizada uma ressonância magnética, uma vez que ela poderia ter sofrido micros AVCs, mas, como não realizavam o exame no local, foi solicitada transferência para o Hospital Santa Clara.”

Luiz Fernando do Nascimento reclama de atendimento no Hospital Santa Clara. - Arquivo pessoal

Contudo, explica que ela foi internada em um setor de pós-operatório e dividiu o quarto com uma paciente de alta complexidade. “Auxiliei essa mulher e pedi ajuda à enfermagem porque ela passava mal. Sem falar que a limpeza do banheiro e do quarto deixaram a desejar.”

O leitor também questiona o motivo de o neurocirurgião, cujo nome estava na pulseira de identificação de sua mãe, não ter passado no quarto para examiná-la.

“Um clínico-geral passou em visita pela manhã e ministrou a medicação. Pedi a alta em 14 de junho, após saber que o neurocirurgião não viria de manhã e que o exame de ressonância magnética não é realizado no Hospital Santa Clara.”

O leitor afirma que tentou reclamar na ouvidoria do hospital enquanto estava lá, mas não conseguiu.

Hospital Santa Clara
Tel.: (11) 2023-9988

Hospital faz reunião com leitor

O Hospital Santa Clara pede desculpas e informa que, no dia 17 de junho, foi realizada uma reunião entre a diretora médica e o leitor. O hospital diz ainda que a paciente foi internada aos cuidados da clínica médica e sem indicação de avaliação com neurocirurgião. Quanto à higienização, a equipe está passando por treinamentos diários, e o setor de ouvidoria está sendo reestruturado diz nota. O hospital também afirma que não pode comentar casos de outro paciente. O leitor confirmou as informações.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.