Carro de jogador do Corinthians atropela idoso e invade casa

Segundo o boletim de ocorrência, não é possível identificar quem estava dirigindo o veículo

Renato Fontes
São Paulo

O jogador de futebol Ralf, 35 anos, que atua como volante do Corinthians, se envolveu em um acidente de carro na noite desta sexta-feira (11), na Água Rasa (zona leste), deixando um idoso de 68 anos ferido. No carro, estavam o atleta e mais três pessoas. Eles não se feriram no acidente.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o carro do jogador, um Hyundai Santa Fé, atropelou o ajudante de serralheiro Alicio de Castro da Meleira, que estava no ponto de ônibus, e invadiu a garagem de uma casa na rua Marechal Barbacena. O Corpo de Bombeiros foi acionado e levou a vítima com suspeita de fratura na perna à Santa Casa de São Paulo, na região central. Segundo o hospital, o idoso sofreu politraumatismo, incluindo luxação e fraturas na mão direita. Ele também fez uma tomografia de crânio que não indicou traumas. Ele ficará internado, segundo o hospital.

O dono da casa, de 50 anos, disse para a polícia que estava na sala quando ouviu um forte estrondo. Ao olhar pela janela, notou que o veículo do jogador havia invadido sua garagem, destruindo os dois portões. Ao sair, encontrou Ralf e os passageiros já fora do veículo.

O carro do jogador derrubou um ponto de ônibus e invadiu a garagem de uma casa na Água Rasa (zona leste)
O carro do jogador derrubou um ponto de ônibus e invadiu a garagem de uma casa na Água Rasa (zona leste) - TV Globo/Reprodução

Segundo a secretaria de segurança, não foi possível identificar quem estava na direção do carro. No banco do passageiro estava um segurança, de 44 anos, visivelmente embriagado. Ele fez o teste do bafômetro, que constatou positivo para o consumo de álcool. A perícia foi acionada para identificar quem dirigia o carro.

Imagens que circulam nas redes sociais mostram Ralf saindo da residência onde ocorreu o acidente pouco antes da chegada da polícia. Nas imagens, ele é levado para fora do local amparado por um amigo. Pessoas que estavam no local hostilizaram o jogador. 

Corinthians diz que Ralf era passageiro

O Corinthians afirmou em nota que Ralf estava no veículo como passageiro e que o acidente ocorreu quando "o motorista que conduzia o automóvel" perdeu o controle ao tentar escapar de uma tentativa de assalto. Porém, a nota não diz quem dirigia o veículo.

O clube também disse que Ralf dará todo amparo ao idoso atropelado e que irá assumir os danos materiais causados na casa. 

Por conta do acidente, a comissão técnica e a diretoria do clube decidiram não relacioná-lo para o clássico contra o São Paulo neste domingo (13), às 18h, no Morumbi, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A assessoria de imprensa de Ralf disse que o jogador não vai se pronunciar sobre o acidente.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.