Paciente de ala psiquiátrica é morto em hospital da zona leste de SP

Ele foi atacado por outro paciente que estava internado no mesmo setor no Tide Setúbal

São Paulo

Um paciente da ala de psiquiatria do Hospital Municipal Tide Setúbal, em São Miguel Paulista (zona leste), morreu enforcado. Ele foi atacado por outro paciente que estava internado no mesmo setor. O caso ocorreu nesta terça-feira (28). As identidades deles não foram divulgadas.

Segundo funcionários, havia seis pacientes internados na madrugada do crime. Por volta das 4h, um deles, que estava amarrado, conseguiu se soltar e foi até o leito do outro paciente e o enforcou com as mesmas amarras que eram usadas para contê-lo na cama.

Fachada do hospital municipal Tide Setubal, na zona leste, onde um homem foi morto na ala psiquiátrica. - Rivaldo Gomes/Folhapress

A Secretaria Municipal da Saúde, gestão Bruno Covas (PSDB), divulgou nota lamentando o ocorrido nas dependências do Tide Setúbal, mas não disse se houve alguma motivação para o crime nem se o agressor continuava internado. 

Funcionários disseram à reportagem que os dois pacientes já se conheciam e tinham histórico de violência. Eles também disseram que o paciente agressor continua internado no hospital.

A secretaria disse que a Autarquia Hospitalar Municipal está verificando como foram aplicadas as normas de segurança na ala psiquiátrica do hospital. “Assim que tomou conhecimento da ocorrência, a direção do hospital acionou a Polícia Militar e está contribuindo com as investigações”, afirmou em nota. 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.