Descrição de chapéu Interior

Frentista morre atropelado ao tentar impedir calote em posto de combustíveis

Açougueiro foi indiciado por homicídio e embriguez ao voltante; caso é investigado pela Polícia Civil de Campos do Jordão

m frentista de 36 anos morreu após ser atropelado por um açougueiro, de 40 anos, depois de o motorista se negar a pagar a conta do abastecimento de seu GM Astra, por volta das 16h deste domingo (2), em Campos do Jordão (181 km de SP).

Segundo a polícia, o açougueiro abasteceu seu veículo no posto onde a vítima trabalhava, na avenida Capitão Tashaburu Yamaguchi. Após encher o tanque, o motorista teria se negado a pagar e atropelou a vítima, que teria tentado impedir a fuga do suspeito. O frentista foi arrastado por alguns metros, segundo testemunhas afirmaram em depoimento. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Seu nome não foi informado.

O açougueiro fugiu e, instantes depois, foi encontrado por policiais militares em sua casa, no bairro Britador, onde foi preso em flagrante. A Polícia Civil solicitou exames periciais para constatar quanto de álcool o suspeito teria consumido. Em depoimento, ele admitiu ter bebido antes do crime.

O caso foi registrado como embriaguez ao volante, estelionato e homicídio qualificado pela Delegacia de Campos do Jordão. A defesa do açougueiro não foi encontrada pela reportagem.

Para-choque de carro ficou com marcas após veículo, conduzido por um açougueiro, atropelar um frentista de 36 anos, que tentou impedir um calote no posto de combustíveis em que trabalhava, por volta das 16h deste domingo (2), em Campos do Jordão (181 km de SP) - Divulgação/PM

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.