Peixe faz 2 a 0 no Red Bull e coloca a mão em vaga na semifinal

Carlos Sánchez e Pituca marcam e Santos freia sensação do Paulista

São Paulo

O Santos conseguiu frear a sensação do Campeonato Paulista, ontem à noite, no estádio do Pacaembu. O time do técnico argentino Jorge Sampaoli derrotou o Red Bull por 2 a 0 e abriu vantagem por uma vaga na semifinal.

De quebra, o clube encerrou jejum de três jogos sem vencer e sem marcar gols.

Invicto há dez jogos do Estadual, o Red Bull viu o Santos abrir o placar com Carlos Sánchez, de falta, aos 10min. Diego Pituca, na reta final do duelo, deu números finais à partida, que ainda teve um gol anulado da equipe santista com a ajuda do VAR _a arbitragem assinalou um impedimento.

Victor Ferraz (esq.) e Carlos Sánchez, do Santos, comemoram vitória contra o Red Bull Brasil nas quartas de final do Campeonato Paulista
Victor Ferraz (esq.) e Carlos Sánchez, do Santos, comemoram vitória contra o Red Bull Brasil nas quartas de final do Campeonato Paulista - Divulgação/Santos FC

O jogo de volta está marcado para a terça-feira, às 20h (de Brasília), no Moisés Lucarelli, em Campinas. O Santos pode até perder por um gol de diferença que garante vaga próxima fase. Uma vitória por dois gols do Red Bull leva a decisão para os pênaltis.

O duelo prometia, pois o Toro Loko terminou a primeira fase com a melhor campanha, enquanto o Peixe ficou na terceira posição geral.

Em campo, as expectativas foram cumpridas. No começo, o Santos tomou a iniciativa e foi ao ataque diante de um Red Bull assustado.

Logo aos 5min, o Peixe fez um gol, mas foi anulado pela arbitragem, após consulta ao VAR. No lance, Rodrygo serviu Pituca. O volante, porém, estava em impedimento.

Aos 10min, não teve jeito. Carlos Sánchez cobrou falta pelo lado esquerdo, viu a bola passar por todo mundo na área e vencer Júlio César.

O gol despertou o visitante. O time do técnico Antônio Carlos Zago passou, então, passou a valorizar a posse de bola no ataque. Dessa forma, a equipe criou chances de empatar. Nas duas mais claras, Ytalo não conseguiu empurrar a bola para o gol.

Depois das chances perdidas, Ytalo resolveu arriscar de fora da área. E quase conseguiu, enfim, bater Vanderlei. O goleiro se atrapalhou, tentou defender com o pé e viu a bola bater na trave.

Com a vantagem construída na etapa inicial, o Santos voltou do intervalo com o objetivo de manter a posse e tentar definir a partida.

Aos 33min do segundo tempo, Pituca aproveitou passe errado de Rafael Carioca e fechou a conta.

UOL

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.