Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Falta vergonha na cara para os passadores de pano

Vitor Guedes
São Paulo

Na verdade cresce a ira, a mentira é só desdém, a verdade faz a mira, a mentira diz amém... Alô, povão, agora é fé! O futebol está infestado pelos patéticos "passa-pano", raça composta por bajuladores, interesseiros, picaretas e covardes que se recusam a dizer a verdade.

Pato ainda não jogou nada que justificasse o investimento feito para contratá-lo, nem sua titularidade
Pato ainda não jogou nada que justificasse o investimento feito para contratá-lo, nem sua titularidade - Saopaulofc.net/Divulgação

O São Paulo (que não ganha um título decente há mais de uma década e não venceu sequer um dos nove clássicos do ano) já teve seus bons dias ressuscitados diversas vezes pela mídia tiete nos últimos anos... Bastou uma boa vitória contra o Ituano(!) para cascatearem que "o Tricolor voltou" e blá-blá-blá. O mesmo agora após golear a Chape! Não foi para lugar nenhum! Como Pato, que fez fãs mais histéricos quase ovularem de empolgação após marcar no empate(!) de 1 a 1 com o Galo, mas que ainda não jogou nada que justificasse o investimento feito. Nem a titularidade...

O Palmeiras piorou muito no pós-Copa América, não está jogando nada, deu adeus à Copa do Brasil, perdeu a gordura e a invencibilidade no Brasileirão e escapou de um vexame contra o horroroso Godoy Cruz. O gol na Argentina não redimiu Borja de nada: continua sendo um mico e tem que fazer muitos mais gols para justificar a contratação.

O Corinthians, único paulista que deu uma volta olímpica no ano e que está vivo na secundária Sul-Americana, já deu adeus à Copa do Brasil e faz um Brasileiro fraco! Não é um empate (empate!), em casa, contra o Flamengo que justifique elogios rasgados e análises semióticas densas sobre o "progresso" da equipe, que, registre-se, sofreu para bater o horroroso CSA!

E tem o Santos, trieliminado no ano, com goleadas sofridas para Ituano e Botafogo-SP, tratado como o time pós-moderno que reinventou o futebol!

Imagine esses passadores de pano analisando a Academia do Palmeiras, o São Paulo bi mundial do Telê, o Corinthians bi brasileiro de 1998/1999 ou o Santos de Pelé... Tomem vergonha!

Millôr Fernandes: "Jornalismo é oposição. O resto é armazém de secos e molhados".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.