Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Weverton pega pênalti, Borja desencanta e Verdão fica na boa

Vitor Guedes
São Paulo

Tem que lutar, não se abater... Alô, povão, agora é fé! Após um início trágico, Palmeiras se recuperou, buscou o 2 a 2 e deu um grande passo para eliminar o fraquíssimo Godoy Cruz e avançar às quartas de final da Libertadores. A torcida que canta, vibra e corneta até no aquecimento ("time de pipoqueiro"), que não viu ainda a equipe virar um jogo sob o comando de Felipão, recebeu uma ducha fria logo aos 6min, com o gol de Morro García, centroavante com biótipo de lutador (peso-pesado) de MMA. Nem havia dado tempo de Borja, o substituto de Deyverson, entrar no jogo...

Borja abraça Willian na comemoração do seu gol, que deu o empate ao Palmeiras contra o Godoy Cruz, na Argentina
Borja abraça Willian na comemoração do seu gol, que deu o empate ao Palmeiras contra o Godoy Cruz, na Argentina - Andres Larrovere/AFP

O cenário, como previamente sabido, não era inóspito por parte do adversário. Estádio grande, longe do formato alçapão, muito mais vazio do que cheio, contra um rival modesto. Agora, quando a defesa deixa o adversário fazer linha de passe de cabeça, como no lance do gol inaugural, deixa o rival sonhar... A galera alviverde presente, que xingou o time, não colaborou para a retomada da confiança.

E, animado, o Godoy Cruz, em outro erro de posicionamento defensivo e o pé mole de Luan na dividida, ampliou, novamente com Morro García. O Palmeiras, que estava melhor quando levou o tento, reagiu com Felipe Melo em um momento em que parecia perder o psicológico. Mas nem deu tempo de curtir a diminuição da diferença e Gustavo Gómez cometeu um pênalti claro e foi salvo por Weverton, que defendeu a ridícula cobrança de García. Mais do que um tento, o goleiro alviverde salvou e mudou a sorte do confronto.

Mesmo sem alterações, o Palmeiras voltou melhor para o segundo tempo, e Borja, aleluia, acredite se quiser, foi à rede e fez 2 a 2. Hyoran e Deyverson entraram nos lugares de Borja e Willian mas a virada não veio. Poderia ser melhor, mas, para quem flertou com a derrota, começar a volta classificado e poder jogar até por 0 a 0 ou 1 a 1 ficou de ótimo tamanho.

Friedrich Nietzsche: "As convicções são inimigas da verdade bem mais perigosas que as mentiras".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.