Cássio é gigante e garante empate no Dérbi em Itaquera

Goleiro faz uma defesa incrível em um cabeceio de Deyverson no fim

Marcelo Mora

O goleiro Cássio foi o cara no empate em 1 a 1 para o Corinthians no clássico contra o Palmeiras na noite deste domingo (4), em Itaquera, pelo Brasileirão. Com uma defesa incrível , em cabeceio de Deyverson, no penúltimo minuto de jogo, o camisa 1 evitou a primeira virada nesta terceira era do técnico Luiz Felipe Scolari.

O zagueiro Manoel, de cabeça, abriu o placar para o Timão, aos 12min do primeiro tempo. Felipe Melo, também usando a cuca, igualou no início da segunda etapa. Com o resultado, o Verdão segue na vice-liderança, com 28 pontos, quatro a menos que o líder Peixe. Já o time alvinegro é o sétimo, a uma posição da da zona da pré-Libertadores, com 20 pontos.

O atacante Vagner Love trava a disputa pela bola com o zagueiro Gustavo Gómez.
O atacante Vagner Love trava a disputa pela bola com o zagueiro Gustavo Gómez; clássico disputado em Itaquera é acirrado e termina empatado em 1 a 1. - Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Ao menos nos minutos iniciais, o Verdão deixou a impressão nos corintianos presentes ao seu estádio de que iria passar por cima do Timão como um rolo compressor. Logo aos 5min, por exemplo, o goleiro Cássio teve de deixar a sua área para disputar bola com Deyverson. Na sequência da jogada, o camisa 1 do Alvinegro mandou para a lateral.

Uma bobeada da defesa alviverde aos 12min alterou completamente o panorama da partida. O lateral Diogo Barbosa fez uma falta boba em Fagner, que apoiava o ataque. Sornoza bateu com precisão e colocou a bola na cabeça do zagueiro Manoel, que, só desviou de cabeça para o canto oposto de onde se encontrava o goleiro Weverton.

A partir daí, o Corinthians passou a jogar do jeito que gosta: deixou o Verdão trocar passes sem qualquer objetividade enquanto aguardava um erro do adversário para dar o bote e partir em velozes contra-ataques.

Com Gustavo Scarpa no lugar de Raphael Veiga na volta do intervalo, o Palmeiras não demorou para chegar ao empate, também recorrendo ao jogo aéreo. Na cobrança de falta, Marcos Rocha cruzou da direita, Love não cortou e a bola sobrou para Deyverson na esquerda. O atacante alçou na área e o volante Felipe Melo subiu mais que todo mundo para testar para o gol.

E a bola alta deu a tônica até o fim. Aos 22min, Clayson levantou na área, em cobrança de falta, e Gil subiu para escorar, mandando rente à trave de Weverton. A resposta alviverde também veio pelo alto, em cabeçada de Gustavo Gómez, que pegou de ombro na bola, e Cássio fez mais uma boa defesa.

A um minuto do final, Deyverson, livre, cabeceou e o goleiro voou para tirar com a ponta dos dedos e impedir a virada.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.