Jadson pode ser titular do Corinthians após quase três meses

Como o Timão não terá Pedrinho nem Sornoza, o meia de 35 anos é cotado para pegar o Ceará na manhã deste sábado, em Itaquera

Claudinei Queiroz
São Paulo

O técnico Fábio Carille tem desfalques de todo tipo para o duelo contra o Ceará, às 11h deste sábado (7), no Itaquerão. No entanto, o que para o treinador se tornou uma dor de cabeça para manter a invencibilidade do Corinthians após a Copa América, para o meia Jadson pode ser a oportunidade para voltar a ser titulares após quase três meses.

O armador de 35 anos começou jogando pela última vez na derrota por 1 a 0 para o Santos, na Vila Belmiro, no dia 12 de junho. Desde então, ele só atuou em mais cinco jogos, mas em todos entrou no segundo tempo: dois pela Sul-Americana e três pelo Brasileirão.

Jadson durante o treino no CT Joaquim Grava; o meia pode voltar a iniciar uma partida do Timão como titular
Jadson durante o treino no CT Joaquim Grava; o meia pode voltar a iniciar uma partida do Timão como titular - Daniel Augusto Jr. - 1º.fev.19/Ag.Corinthians/Divulgação

Como o meia-atacante Pedrinho defende a seleção brasileira olímpica em amistosos e o atacante Everaldo sofre com uma lesão no púbis, Carille poderia colocar Sornoza no lugar de Pedrinho. Mas, o equatoriano foi convocado para sua seleção, assim como o chileno Ángelo Araos. Desta forma, Jadson se torna a peça ideal para a vaga de titular.

O único concorrente de Jadson é o meia Régis, que teve bom desempenho no jogo-treino contra o São Bento, na segunda-feira (2), e corre por fora na disputa.

No treino desta quinta-feira (5), Fábio Carille já deve indicar a formação que começará o duelo contra os nordestinos. Se Jadson for mesmo começar como titular, ele terá mais uma boa chance de se aproximar do paraguaio Ángel Romero na lista de maiores artilheiros da Arena de Itaquera. 

Romero, que saiu do clube em julho, lidera com 27 gols, três a mais que Jadson. O problema é que, como jogou pouco no ano, o camisa 10 tem só um gol na temporada, na vitória por 3 a 1 sobre o Ceará, em março, pela Copa do Brasil.

Depois da parada da Copa América, Jadson só ficou em campo por 127 minutos, somando os tempos das cinco partidas disputadas. Então, ele não deve estar no mesmo ritmo dos colegas.

Outras ausências do Timão contra o Ceará é o lateral direito Fagner --na seleção principal--, que deve ser substituído por Ramiro, e Léo Santos, que foi operado [veja mais ao lado].

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.