Na estreia de Mano, Verdão volta a vencer

Palmeiras amassa o Goiás no Serra Dourada e consegue arrancar a vitória nos acréscimos após sete jogos de jejum no Brasileiro

Claudinei Queiroz
São Paulo

Com apenas dois treinos sob comando do técnico Mano Menezes, o Palmeiras enfim reencontrou o caminho da vitória. A equipe estava havia sete jogos sem vencer, desde a parada da Copa América, mas, com a vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, na noite deste sábado (7), no Serra Dourada, o time quebrou o jejum e subiu para terceiro na classificação do Brasileiro, com 33 pontos, mas com um jogo a menos --que será realizado na próxima terça-feira (10), contra o Fluminense.

Gustavo Scarpa deu o passe para o gol de Willian e depois marcou o gol da virada, nos acréscimos
Gustavo Scarpa deu o passe para o gol de Willian e depois marcou o gol da virada, nos acréscimos - Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

A partida começou com o Palmeiras partindo para cima do time anfitrião, principalmente, com Zé Rafael do lado esquerdo do ataque. No entanto, bem postados atrás, os esmeraldinos passaram a contra-atacar com perigo, principalmente com Michael, pela direita.

O time da casa, então, abriu o placar aos 19min, com um chutaço da intermediária do zagueiro Rafael Vaz, que teve muita liberdade para armar e disparar a batida. O gol foi praticamente igual ao sofrido pelo Verdão do gremista David Braz há três semanas. 

Em desvantagem, o Palmeiras partiu para cima de vez, virando ataque contra defesa. Luan teve boa chance, e Luiz Adriano chegou a marcar, mas o gol foi anulado porque o atacante empurrou Fábio Sanches.

No segundo tempo, o primeiro lance de destaque foi aos 7min, quando Zé Rafael se chocou de cabeça com o goleiro Tadeu. Os dois foram atendidos em campo e o palmeirense conseguiu sair andando, mas o goleiro ficou desacordado e teve de ser levado para um hospital para passar por exames.

Com a entrada de Willian no lugar de Zé Rafael, o Verdão ganhou mais força pela esquerda. E foi por ali que saíram os gols. Aos 35min, Scarpa lançou para Willian chutar na saída do goleiro. Após o bandeira marcar impedimento, o lance foi validado pelo VAR. 

O gol da virada saiu com Scarpa. Após confusão na área, a bola sobrou para ele chutar no canto esquerdo e decretar a vitória dos comandados de Mano.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.