Timão e Peixe só ficam no zero em Itaquera

Empate no clássico é ruim para as duas equipes no Brasileiro

Luca Castilho
São Paulo

Em um jogo de poucas emoções, mas com um final eletrizante, Santos e Corinthians não tiram o zero do placar e só empatam, neste sábado (26), na 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, na arena de Itaquera.
Enquanto o Timão chegou ao sexto jogo sem vitória —e foi alvo de protestos de torcedores—, o Peixe perdeu a chance de ultrapassar o Palmeiras e segue na terceira colocação.

O primeiro tempo apresentou dois times com propostas de jogo bem diferentes, além de um número exagerado de faltas.

O santista Marinho tenta passar por Janderson, do Corinthians, no empate no clássico realizado na Arena Corinthians
O santista Marinho tenta passar por Janderson, do Corinthians, no empate no clássico realizado na Arena Corinthians - Ivan Storti/Santos FC

Apesar de entrar com Boselli e Vagner Love, apoiados pelo jovem Pedrinho, o Timão pouco assustou a meta defendida por Everson.

A equipe de Carille abusou dos lançamentos, tentando encontrar os centroavantes, e teve com Mateus Vital a melhor chance.

Aos 22min, o meia recebeu livre na área, dominou e finalizou. Porém não pegou bem e o goleiro santista fez uma defesa tranquila.

O time da casa teve mais duas chances de cabeça na etapa inicial, com Boselli e Júnior Urso, mas Everson agarrou com segurança.

Do outro lado, o Peixe dominou a posse de bola, porém encontrou dificuldades no campo de ataque e contou com erros individuais.

Pelo lado esquerdo, com o baixinho Soteldo e com o lateral Jorge —que atuava muitas vezes centralizado—, a equipe de Jorge Sampaoli criou as melhores chances.

Aos 24min, o venezuelano recebeu na esquerda, bateu firme da entrada da área e carimbou a trave corintiana. Menos de dois minutos depois, acertou a rede pelo lado de fora. Assim, o jogo foi zerado para o intervalo.

Na volta, o Santos cresceu com a entrada de Marinho, responsável por infernizar o lado esquerdo do Corinthians. A melhor chance do jogador foi aos 16min, quando mandou uma bomba dentro da área, defendida por Cássio.

Mas a partida só ganhou emoção já na reta final.

Aos 45min, Sornoza cobrou uma falta venenosa da entrada da área e exigiu uma brilhante defesa de Everson. No minuto seguinte, Marinho avançou sozinho e cruzou na medida para Felipe Jonatan, que, dentro da pequena área, mandou por cima da meta.

No contra-ataque, Vagner Love recebeu bom lançamento, mas, marcado por Luiz Felipe, finalizou fraco para defesa de Everson.

No fim, as redes permaneceram intactas e o marcador zerado em Itaquera.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.