Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Com gol de peito, Timão goleia a teta do Avaí!

São Paulo

Vou acender velas para são Jorge, a ele eu quero agradecer... Alô, povão, agora é fé! O Corinthians não precisou jogar (quase) nada no primeiro tempo e só um pouco no segundo para golear o Avaí por 3 a 0, resultado que fez a equipe ultrapassar o Colorado, assumir o sétimo lugar, reiterar a sua qualificação à pré-Libertadores e se colocar na briga, com o São Paulo, por uma boquinha direto na fase de grupos da competição continental. Foi tão teta que Boselli fechou o placar com um gol de peito!

Jogadores corintianos comemoram o gol de Júnior Urso, o segundo na goleada de 3 a 0 sobre o lanterna Avaí, no Itaquerão
Jogadores corintianos comemoram o gol de Júnior Urso, o segundo na goleada de 3 a 0 sobre o lanterna Avaí, no Itaquerão - Alan Morici/Ag. Corinthians/Divulgação

Se alguém quiser entender porque o lanterna Avaí, com todos os deméritos e gigantesca antecipação, foi rebaixado, basta rever o jogo. O video-teipe, no entanto, é insuficiente para explicar como esse Timão irá disputar a Libertadores. Para isso, é preciso rever o nada jogado por Internacional e pela maior parte da concorrência...

Ontem, no entanto, apesar dos primeiros 20 minutos horripilantes, a vitória foi incontestável. Gustagol (que não marcava desde 16 de outubro, no empate de 2 a 2 em Goiás) abriu o placar na primeira chance alvinegra após escanteio batido por Clayson e falha bizarra do sistema "defensivo" avaiano. Foi o 13º gol do artilheiro isolado corinthiano da temporada e não aconteceu mais nada digno de nota na primeira etapa em Itaquera...

No segundo tempo, o Corinthians melhorou, o Avaí manteve o "nível" e, após roubada de bola de Gabriel e ótima trama em contra-ataque, Pedrinho encontrou Gustagol, que serviu Júnior Urso, que, com categoria, foi à rede. Belo gol, como também foi muito bonita a peitada do argentino escorando cruzamento na medida de Fagner.

O Avaí está desesperado para o ano acabar. O Corinthians, que ainda sonha em ultrapassar o São Paulo, adoraria jogar outras vezes contra o Avaí... Mas pegará Atlético-MG, Ceará e Fluminense nas últimas rodadas do Brasileirão... Se jogar como no segundo tempo contra o lanterna, poderá fechar bem o ano.

Mário Quintana: "Tudo o que acontece é natural —inclusive o sobrenatural". 

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca!

Vitor Guedes
Vitor Guedes

42 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.