São Paulo é goleado pelo Grêmio e vaga direta na Libertadores fica em risco

Tricolor fica no limite por lugar na fase de grupos

São Paulo

Em confronto direto, o São Paulo foi derrotado pelo Grêmio por 3 a 0, em Porto Alegre, e viu o adversário confirmar a vaga na fase de grupos da Libertadores de 2020. A partida, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi decidida em seis minutos. Foi esse o intervalo dos gols que definiram o placar. 

Luciano, de pênalti, abriu o marcador. Em seguida, Vitor Bueno desviou falta e fez contra. E ainda houve tempo para Luciano converter pela segunda vez. 

Meia Vitor Bueno lamenta a derrota do São Paulo para o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro
Meia Vitor Bueno lamenta a derrota do São Paulo para o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro - Rubens Chiri/SaoPauloFC.net/Divulgação

A vitória levou o Grêmio aos 62 pontos, marca que nenhum outro concorrente por vaga direta pode superar nas últimas duas rodadas do campeonato. O time de Renato Gaúcho se junta a Flamengo, Santos, Palmeiras e Athletico-PR --outros times garantidos na fase de grupos da Taça Libertadores do ano que vem.

O São Paulo, por outro lado, estaciona nos 57 pontos e ainda não está garantido nessa etapa da competição sul-americana. Pior do que isso: na quarta-feira (4), no estádio do Morumbi, encara outro rival direto pela classificação. O time de Fernando Diniz recebe o Internacional, que tem três pontos a menos na tabela. 

Se tropeçar também diante do Colorado, pelo menos o Tricolor paulista já está garantido na fase preliminar da Libertadores.

O São Paulo conseguiu dividir bem a posse de bola no início da partida, porém não teve profundidade. As trocas de passes na defesa levavam a equipe até a intermediária e dali em diante faltou criatividade. 

Pablo, isolado na frente, praticamente não pegou na bola e também não teve nenhuma jogada inspirada.

O zagueiro Bruno Alves arriscou de muito longe e deu sinal de que haveria bombardeio assim. Mas não aconteceu. Depois do intervalo, a postura do São Paulo até pareceu que seria outra. No entanto, ruiu tudo cedo e a partir do 1 a 0 o time de Fernando Diniz saiu de si. 

No Grêmio, se Pepê foi a novidade do técnico Renato Gaúcho e Luciano fez dois gols, Alisson roubou a cena. O camisa 23 começou a jogada que terminou em pênalti (sofrido por ele mesmo) e convertido por Luciano. E, no segundo gol, Vitor Bueno desviou contra a cobrança de falta do próprio Alisson. O Grêmio volta a campo na quinta (5), novamente na sua arena, para enfrentar o Cruzeiro. (Com UOL)

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.