São Paulo se recupera na Libertadores e goleia a LDU de Quito

Após cair na estreia do torneio continental, Tricolor joga bem e assume vice-liderança do Grupo D

São Paulo

Se a derrota para o Binacional na estreia da Libertadores havia deixado a torcida tricolor preocupada, a goleada do São Paulo por 3 a 0 sobre a LDU, nesta quarta (11), no Morumbi, deu novo ânimo tanto aos torcedores quanto ao elenco.

Isso porque a equipe de Fernando Diniz chegou aos três pontos no Grupo D, empatando com River Plate, a própria LDU e o Binacional. Mas como o River massacrou o time peruano por 8 a 0 mais cedo, a equipe argentina lidera a chave, seguida pelo Tricolor.

Daniel Alves comemora o seu gol, o segundo do São Paulo sobre a LDU de Quito, no Morumbi, pela Libertadores
Daniel Alves comemora o seu gol, o segundo do São Paulo sobre a LDU de Quito, no Morumbi, pela Libertadores - SãoPauloFC.Net/Divulgação

Na terceira rodada, na próxima terça (17), o São Paulo terá a oportunidade de assumir a ponta já que receberá o River Plate no Morumbi. O confronto não será fácil, mas é a chance de o grupo brasileiro abrir vantagem na disputa pela vaga nas oitavas de final.

O que se viu desde o início do duelo contra a LDU foi um São Paulo confiante, partindo para cima do adversário por todos os lados. Antony, principalmente, teve muita movimentação pela direita, dando trabalho à zaga equatoriana.

Foi justamente em uma jogada do garoto que saiu o primeiro gol, aos 13min. Antony entrou na área pela direita e cruzou. A bola bateu na mão de Guerra e o árbitro apitou o pênalti. Reinaldo cobrou com eficiência.

Um minuto depois, Daniel Alves ampliou após cruzamento de Reinaldo, levando os quase 40 mil torcedores à loucura no estádio.

Quando todos esperavam uma goleada histórica, os jogadores recuaram e passaram a dar espaço para os equatorianos. Apesar da pressão sofrida, o Tricolor não chegou a sofrer.

No segundo tempo, Fernando Diniz corrigiu o posicionamento e o time voltou a chegar mais ao ataque. De tanto martelar, surgiu o terceiro gol. Pato abriu para Vitor Bueno na esquerda, o meia-atacante cruzou rasteiro para dentro da área e Igor Gomes apareceu no meio da zaga para dar números finais ao duelo.

A LDU ainda teve o meia Sornoza expulso aos 21min, após agredir Daniel Alves. Com isso, passou a ser um confronto de ataque contra defesa, mas os são-paulinos não conseguiram marcar o quarto no goleiro Gabbarini.

Diniz até colocou em campo o centroavante Pablo para ele tentar acabar com o jejum de gols, mas não obteve êxito. Pato ainda acertou o travessão no finzinho, mas o placar ficou no 3 a 0 mesmo, dando confiança ao grupo para o clássico contra o Santos, neste sábado (14), às 19h, no Morumbi, pelo Paulistão.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.