Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Verdão embala campanha e chega ao 2° turno com força!

São Paulo

Nesta longa estrada da vida, vou correndo e não posso parar, na esperança de ser campeão, alcançando o primeiro lugar... Olha o Palmeiras aí, gente! O campeão paulista, que está vivíssimo na Libertadores e com a vaga à semifinal da Copa do Brasil encaminhadíssima, fez a lição de casa contra o Fluminense e entrou de vez também na briga para levantar o caneco do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras, do técnico Abel Ferreira, chega vivíssimo à disputa do título do Brasileirão
O Palmeiras, do técnico Abel Ferreira, chega vivíssimo à disputa do título do Brasileirão - Cesar Greco - 9.nov.20/Palmeiras/Divulgação

Mesmo dizimado pela data Fifa, lesões e Covid, o que restou do Palmeiras sobrou sobre o Fluminense e, com dois gols de Raphael Veiga, um em cada tempo, o primeiro de pênalti, fez 2 a 0. Em nenhum momento a vitória alviverde esteve ameaçada. Ao contrário, mesmo com tantos remendos na cozinha, o Flu só foi dar trabalho ao goleiro Jailson quando o 2 a 0 já havia sido construído e o triunfo palmeirense já era favas contadas!

Como já havia ficado claro na goleada sobre o Ceará na Copa do Brasil e nas quatro vitórias do período interino de Cebola, o elenco alviverde, para o fraco padrão brasileiro, é muito bom. Inferior, em qualidade e quantidade, apenas ao do Flamengo.

Apesar da surpreendente boa campanha do Fluminense e da formação muito desfalcada palmeirense, o que se viu, no Allianz Parque, foi um duelo muito desigual. Alguém desavisado, que não acompanhou a irregular e burocrática era Luxemburgo, era capaz de imaginar que o time estava completo e nas mãos de Abel Ferreira há uma temporada. Sem brilho nem show, muito longe disso, mas não faltou ideia, ambição e padrão ao Palestra, características, normalmente, encontradas só em times que têm algum tempo de bom trabalho.

Depois de início de campanha empacado, emendando um empate no outro com Luxa, a equipe mudou a direção técnica, trouxe sangue novo português, apostou numa estratégia mais ousada e, quem diria, chegou no segundo turno vivo, subindo e correndo atrás do tempo perdido para subir mais alguns pontos para buscar a ponta na briga com Atlético-MG, São Paulo, Flamengo e, quem diria, também do Grêmio, outro gigante que ressuscitou na competição!

Forza, Palestra!

*

Gramsci: "O desafio da modernidade é viver sem ilusões, sem se tornar desiludido".

*

O cara da rodada

Raphael Veiga - Sob o comando de Abel Fereira, o meia, enfim, está jogando com a confiança e a personalidade dos melhores momentos de Athletico-PR. E, cheio de moral, Veiga fez os dois gols que decidiram a vitória de 2 a 0 do desfalcado e embalado Palmeiras sobre o Flu
Raphael Veiga - Sob o comando de Abel Fereira, o meia, enfim, está jogando com a confiança e a personalidade dos melhores momentos de Athletico-PR. E, cheio de moral, Veiga fez os dois gols que decidiram a vitória de 2 a 0 do desfalcado e embalado Palmeiras sobre o Flu - Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

*

Troféus

ARMAGEDON: Marllon
Para um dos 12 times que luta contra a degola, perder para o líder Atlético-MG, por 2 a 1, é um resultado esperado. O que é inaceitável é o Corinthians, com uma folha mensal de R$ 15 milhões, ter um zagueiro tão fraco como Marllon como titular! Na virada atleticana, o beque falhou nos dois gols do Galo: no primeiro, perdeu o tempo da bola e deixou ela pingar após uma cobrança de lateral; no segundo, marcou touca e deixou Marrony concluir livre!

REVELAÇÃO: Ivonei
Com muita personalidade, o menino da Vila foi o maior destaque no 2 a 0 sobre o Inter e, com a enorme colaboração de Marcelo Lomba, abriu o placar em cobrança de falta. Com tantos desfalques, Ivonei não foi a única novidade que brilhou: quando o Colorado chegou, parou no paredão John. Méritos santistas à parte, o Inter é uma tremenda decepção e, de novo, não será neste ano que voltará a vencer o Brasileiro, certame que ganhou pela última vez em 1979!

*

Destaques da 21ª rodada do CovidãoBR de Vartebol

Vamos, São Paulo!

A derrota do Inter para o sub-20 peixeiro reforçado de Marinho e o surpreendente e decepcionante empate do Flamengo, em casa, com o Atlético-GO deixaram ainda maior a virada são-paulina em Fortaleza, por 3 a 2, em grande jornada de Luciano, Nestor e Gabriel Sara. As três eliminações vexatórias no ano serão facilmente esquecidas e perdoadas pela massa se o Tricolor, que está perto de despachar o Flamengo na Copa do Brasil, arrancar para o título no Brasileiro. Com os mesmos 36 pontos que Inter e Flamengo (mas com 18 jogos contra 21 de ambos), o Tricolor está na cola do líder Atlético-MG (38 pontos, 20 jogos)!

Vitor Guedes
Vitor Guedes

43 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.