Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Democrático e eclético, futebol desmoraliza os exus-teóricos

Ganha-se, perde-se e empata-se das mais variadas maneiras

São Paulo

Nego véio, que foi que te deu? Me deu vontade de colar seu brinco, oi, de seis tira um, fica cinco... Alô, povão, agora é fé! O segredo do futebol é não ter segredo, regra nem fórmula matemática: seja na Liga dos Campeões, na Libertadores, no Paulistão ou na várzea, ganha-se, perde-se e empata-se das mais variadas maneiras.

Superofensivo, o Flamengo meteu 4 a 1 no La Calera com 55% de posse de bola e 22 finalizações a 3. O Palmeiras, com três zagueiros e só 37% de posse de bola, finalizou menos (12 a 17) e enfiou 5 a 0 no Del Valle.

Lionel Messi olha desconsolado enquanto os jogadores do Granada comemoram o gol da vitória sobre o Barcelona, em pleno Camp Nou
Lionel Messi olha desconsolado enquanto os jogadores do Granada comemoram o gol da vitória sobre o Barcelona, em pleno Camp Nou - Lluis Gene/AFP

O Fluminense, com os vovôs Nenê e Fred, está muito bem, obrigado, na Libertadores. O Corinthians fez sua melhor partida na temporada na Vila Belmiro, com a garotada da base.

Real Madrid, em uma temporada ruim, chegou à semifinal da Liga dos Campeões na força da camisa. O Manchester City, sem a mesma tradição, está perto da final pelo melhor futebol coletivo do continente. Seu adversário, o PSG, é muito mais a soma de boas individualidades que uma ideia de jogo bem azeitada.

Futebol é isso. É Romário (treinar pra quê?) decidindo, é o superatleta Cristiano Ronaldo destruindo; é Sócrates, democracia, é família Scolari concentrada; ganha-se com a segurança defensiva de Parreira, conquista-se com todos os craques do Zagallo; perde-se encantando como o Brasil de Telê e jogando emburrado como a seleção de Dunga.

O Barcelona, que tinha 25 vitórias em 25 jogos no retrospecto em casa com o Granada, perdeu o 26º por 2 a 1, de virada e, com isso, desperdiçou a chance de assumir a liderança do Espanhol. O goleiro do Barça não fez NENHUMA defesa. O Granada (18% de posse de bola) acertou duas de suas quatro finalizações no gol e fez dois gols.

Eu sou de humanas: o mais belo do futebol é que, para o desespero dos exus-Pitágoras, ele não tem nada a ver com matemática nem estática.

Pitágoras: "O princípio é a metade do tudo".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovitao.

Mata-mata
A estratégia do desgoverno genocida (encabeçado por um lunático que trata a pandemia por "gripezinha") de abrir mão de vacinas e apostar na cloroquina resultou em mais de 400 mil MORTES, ou, na gíria bandida de milicianos, 401.417 "CPFs cancelados". Nunca foi uma escolha difícil! Essa culpa eu não carrego! Viva a memória!

CovidãoSP
Com 0% e desenganado na Libertadores após duas derrotas, sem técnico após a saída de Ariel Holan, desgastado pela maratona e enfraquecido pela perda de Soteldo e pela péssima fase de Marinho, o Peixe joga a vida no Paulistão, em Bragança, contra o favorito Bragantino. Palpite de amanhã: Bragantino 1 x 0 Santos.

Vitor Guedes
Vitor Guedes

44 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.