Descrição de chapéu Opinião

Caneladas do Vitão: Neymar some, City vira em Paris e dá um grande passo à decisão

Derrota deixa PSG em situação complicada na Liga dos Campeões

São Paulo

O Araketu, o Araketu quando toca, deixa todo mundo pulando que nem pipoca... Alô, povão, agora é fé! Neymar sumiu e, literalmente, foi amarelado no segundo tempo, Mbappé não decidiu, Navas engoliu um frango, a barreira abriu...E o Manchester City virou para 2 a 1 e encaminhou a passagem à final da Liga dos Campeões.

O capitão Marquinhos subiu mais que a zaga do Manchester City e testou sem chance para o goleiro Ederson no único gol do primeiro tempo.

Neymar cai em disputa de bola com Bernardo Silva (à esq.) na derrota do PSG para o Manchester City
Neymar cai em disputa de bola com Bernardo Silva (à esq.) na derrota do PSG para o Manchester City - Anne-Christine Poujoulat/AFP

No segundo tempo, no entanto, o PSG, a exemplo de Neymar, inexistiu, e os ingleses viraram. E poderiam ter ampliado quando Gueyé foi expulso. Os gols não saíram da incessante troca de passes, mas por deméritos do PGS. Primeiro, De Brunye cruzou, ninguém alcançou e Navas engoliu um frango.

Na virada, Mahrez cobrou a falta em cima da barreira, Kimpembe e Paredes abriram e a bola dormiu na rede. A cena ficou ainda mais ridícula pela presença de Verratti deitado atrás da barreira, numa dessas fronhices pós-modernas patéticas que viraram moda.

O paradoxo é que De Bruyne, o craque mais coletivo da atualidade e eleito o cara do jogo, além de deixar o City perto da decisão, superou Mbappé e ficou ele próprio mais próximo de ser consagrado o melhor jogador do mundo da temporada.

Neymar, que sempre pensou individualmente e direcionou a carreira sonhando com o topo do estrelato solo, não convenceu ninguém ao surrar a verdade e declarar na véspera, achando que todo mundo é idiota e desmemoriado, que não está "nem aí para a Bola de Ouro".

Mas é bom Neymar já ir se acostumando que não vai rolar. A chance do bom coadjuvante do time do Mbappé ser eleito o melhor do mundo é a mesma de alguém com caráter, memória e respeito às 398.343 vidas perdidas para a "gripezinha" apoiar o presidente ("não fiz nada de errado") e seu desgoverno genocida! Viva a memória!

Machado de Assis: "Esquecer é uma necessidade".

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL. É tudo nosso! É nóis na banca! No agora.com.br! E no youtube.com/blogdovitao!

Libertadores

Jogando hoje o melhor futebol do país com menos opções e tempo de trabalho que o palmeirense Abel Ferreira e que o rubro-negro Rogério Ceni, o Tricolor do sereno e educado Crespo vai abrir folga na ponta do Grupo E. E aí, são-paulino, saudade da saidinha Diniz e do Daniel Alves na meia? Palpite: São Paulo 2 x 0 Rentistas.

Sul-Americana

A vitória que derrubou Ariel Holan no Santos deu um respiro momentâneo, mas Mancini e o seu Corinthians seguem sob desconfiança e, caso a equipe não vença o Peñarol hoje, na ZL, a Sul-Americana já sobe no telhado na segunda rodada da fase de grupos. Palpites: Corinthians 1 x 0 Peñarol e Huancayo 1 x 0 River Plate-PAR.

Vitor Guedes
Vitor Guedes

44 anos, é ZL, jornalista formado e pós-graduado pela Universidade Metodista de São Paulo, comentarista esportivo, equilibrado e pai do Basílio.

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.