Bônus será pago nesta terça a 187,6 mil professores e servidores de SP

Educação confirma depósito de R$ 425,4 milhões, 35% a mais do que em 2018

Clayton Castelani
São Paulo

Professores e servidores da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo recebem nesta terça-feira (23) o bônus por merecimento. O pagamento, anunciado na quinta-feira (18) pelo governador João Doria (PSDB), foi confirmado nesta segunda (22) em nota da Educação.

Os depósitos são destinados a 187,6 mil profissionais. O valor total é de R$ 425,4 milhões, cerca de 35% superior aos R$ 315,3 milhões de 2018. A maioria dos beneficiários (152,2 mil) é do magistério, cuja fatia do total do bônus é de R$ 375,5 milhões. 

O benefício é calculado a partir das notas do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo).

Além de professores do Ensino Fundamental e Médio, diretores, agentes de organização e equipes técnicas das escolas e órgãos centrais também têm direito ao bônus.

Para chegar ao valor individual, a Secretaria considera se a unidade avançou, atingiu ou superou a meta estipulada para o período. Os servidores precisam ainda ter trabalhado, no mínimo, em dois terços do ano letivo.

Para quem atingiu 120% da meta o valor pode chegar até aproximadamente 1,2 salários. Já quem atingiu 100% o valor pode ser até próximo de 1 salário.

Quando a meta não é atingida, é calculado o avanço da escola proporcional. Neste ano, o valor médio do bônus será de R$ 2.300. O maior pagamento é de R$ 21 mil.

Servidor do Paula Souza recebe em junho

Professores e servidores do Centro Paula Souza vão receber, em média, R$ 4.705 de grana extra pelo Bônus por Resultados por avanço no Idesp (índice na educação).

O dinheiro estará na folha de pagamentos do mês de maio, que cairá na conta dos servidores em junho. Serão beneficiados 18 mil servidores, dos quais 13,3 mil professores. Ao todo, a secretaria de Educação vai desembolsar R$ 112 milhões.

Os valores médios do bônus são mais altos no Paula Souza porque inclui os docentes de 73 faculdades, cujos salários são maiores.
 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.