Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Forno embutido tem vazamento de gás

Cliente comprou forno da Brastemp em fevereiro; produto tem falha e empresa não substitui o item

Patrícia Pasquini
São Paulo

 O administrador de empresas Ricardo Dias dos Santos, 33 anos, de Ferraz de Vasconcelos (Grande SP), diz que nunca imaginou que um eletrodoméstico pudesse trazer transtornos à sua vida.

Os problemas começaram no dia 25 de fevereiro, quando o leitor adquiriu um forno de embutir da Brastemp, de 84 litros e 220 volts, a gás. A compra foi feita pelo site de uma loja de eletrodomésticos. O produto foi entregue três dias depois e instalado por funcionário de empresa terceirizada, seguindo as normas do manual de instruções da Brastemp.

Ricardo Dias dos Santos conta que o vazamento de gás do forno de embutir o deixa preocupado; ele pede que a empresa faça a troca por um outro forno, de modelo diferente, e quer de volta o dinheiro que gastou
Ricardo Dias dos Santos conta que o vazamento de gás do forno de embutir o deixa preocupado; ele pede que a empresa faça a troca por um outro forno, de modelo diferente, e quer de volta o dinheiro que gastou - Rivaldo Gomes/Folhapress


“Quando decidimos utilizar o forno pela primeira vez, o aparelho não ligou. Acionamos a loja, que solicitou entrar em contato com o fabricante”, conta à reportagem.

Cerca de 20 dias após o ocorrido, a Brastemp enviou um técnico. Segundo o leitor, como não encontrou o problema, o funcionário disse que a falha estava na instalação do forno. “Não concordamos e chamamos a autorizada novamente. Após nova avaliação, disseram que o produto possuía um defeito oculto, ou seja, não aparente, e que era necessário trocar algumas peças”, relata.

Segundo a assistência técnica, o forno apresentou defeito no registro e no termostato. O leitor contou à reportagem que este tipo de ocorrência pode acarretar em vazamento de gás. A lembrança trouxe uma preocupação extra, pois, em 2013, no condomínio onde ele mora, uma família inteira morreu vítima de vazamento de gás.

A negociação continuou. A Brastemp sugeriu a troca das peças. “Não aceitei. Pedi a troca do forno por outro de modelo diferente do adquirido e a devolução do dinheiro que paguei e das despesas extras que eu tive. Deram prazo de 22 úteis após a retirada do produto. É muito tempo. Um desrespeito.”

Brastemp
Tel.: (11) 3003-0099

Brastemp diz que fará troca 

Em nota, a assessoria de imprensa da Brastemp informa que realizará a troca do produto e reembolsará os custos extras, devido às eventualidades ocorridas.

“O último contato da Brastemp comigo foi no dia 6 de maio, para informar que o forno daria entrada no estoque no dia 10. Quando vou receber o novo forno ninguém soube dizer”, queixa-se. Em relação ao dinheiro, a Brastemp fez a devolução dos valores no dia 30 de abril.
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.