Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Paciente diz que precisa fazer exames

Comerciante afirma que paga R$ 2.007 por mês pelo plano de saúde, porém não consegue ser atendida

Havolene Valinhos
São Paulo

A comerciante Doracy Carmem Soares, 69 anos, do Parque São Domingos (zona norte), conta que tem o plano de saúde empresarial da Amil, mas reclama que não está conseguindo agendar os exames de endoscopia e de colonoscopia na rede credenciada do convênio.

A leitora afirma que, desde o dia 6 de março, tenta fazer as marcações, mas não é atendida pela rede.
Doracy conta que paga mensalmente R$ 2.007 para a Amil. “É um custo absurdo e ainda fico nervosa. Minha pressão sobe”, diz.

 
Doracy Carmem Soares conta que, desde março, está tentando agendar endoscopia e colonoscopia
Doracy Carmem Soares conta que, desde março, está tentando agendar endoscopia e colonoscopia - Rubens Cavallari/Folhapress
 

“Na próxima semana, essa novela completará dois meses. Ligo para a central de atendimento da empresa e não resolvem nada. Para se ter ideia, já fiquei pendurada mais de uma hora na linha. Mas a única coisa que os atendentes fizeram foi indicar unidades distantes da minha casa, que atendem a rede credenciada. Quando liguei para marcar, o local não atendia a Amil”, afirma.

“Outra coisa que fico chateada é precisar recorrer sempre ao Defesa do Cidadão para ser atendida pelo convênio. Fico um tempão falando com a Amil e não resolvem, falo com o Agora e rapidinho me dão retorno.”

Amil
Tel.: (11) 3004-1000

 

Agendamento é realizado

A Amil informa, por meio de nota de sua assessoria de imprensa, que entrou em contato com Doracy Carmem Soares para indicar locais de realização dos exames nos próximos dias, dentro da área de cobertura do plano dela.

No entanto, a cliente optou por realizar os procedimentos com prestador de serviço específico, de sua preferência. A empresa diz ainda estar à disposição da consumidora.

Em novo contato com o Agora, a leitora confirmou a ligação da Amil. “Marcaram para junho.”
 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.