Empresa contrata 1.966 no estado de São Paulo

Profissionais com o ensino médio completo podem se inscrever até domingo

Ana Paula Branco
São Paulo

A Atento abriu seleção para contratar 1.966 trabalhadores no estado de São Paulo. O principal requisito para todas as funções é ter o ensino médio completo.

Na capital, são 1.130 vagas para operador de atendimento. Moradores de São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Santos também têm oportunidades na função em suas cidades. Para concorrer não é necessário ter experiência.

Há ainda 186 oportunidades abertas em 46 cidades da região metropolitana, interior e litoral, para os cargos de consultor, supervisor de serviços presenciais e promotor de vendas.

Os candidatos devem ter idade acima de 20 anos, experiência com vendas externas (porta a porta), veículo próprio e disponibilidade para fazer viagens.

A empresa não divulgou os salários, mas afirmou que vai oferecer vale-alimentação, vale-refeição, auxílios creche e criança especial e todas as garantias da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) aos candidatos contratados.

Profissionais de trade marketing vão receber, ainda, ajuda de custo para deslocamentos. Todas as oportunidades estão disponíveis para pessoas com deficiência e beneficiários reabilitados da Previdência Social.

Como se candidatar

Os interessados têm até este domingo (30) para se candidatar aos cargos.

Para as vagas de operadores de atendimento é preciso enviar o currículo (com nome, cidade e telefone com DDD) para o email recrutamento@atento.com.br. Os candidatos às demais vagas devem enviar o documento para o email traderh@atento.com.br.

A empresa oferece ainda suas redes sociais para os candidatos: Facebook (www.fb.com/AtentoRecrutamento) e Telegram (@AtentoRecrutamento).

Vagas

São 1.780 vagas para operador de atendimento, sendo:

  • 1.130 na capital
  • 150 em São Bernardo do Campo
  • 250 em São Caetano do Sul
  • 250 em Santos

Para concorrer não é necessário ter experiência anterior, mas o candidato deve residir no município referente à vaga

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.