Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Empresa de saúde não entrega serviço;veja outras reclamações

Leitora afirma que Amparo Saúde não deu assistência a seu pai diabético

Laíssa Barros
São Paulo

A auxiliar administrativa Priscila Bitu, 35 anos, de Embu das Artes (Grande SP), diz que assinou um serviço de saúde, o Amparo Saúde, mas não obteve acompanhamento e respaldo da empresa quando precisou. 

“No visto do contrato, um ano atrás, fui informada de que o centro de saúde por assinatura trabalhava com uma grande rede de apoio, prevenção e cuidados. Fiquei muito feliz, pois meu pai é diabético e precisa de cuidados reforçados”, diz. 

Leitora diz que seu pai é diabético e, por isso, esperava que recebesse cuidados reforçados
Leitora diz que seu pai é diabético e, por isso, esperava que recebesse cuidados reforçados - Rubens Cavallari/Folhapress 12 mar.2018

Segundo a leitora, no começo de maio começaram os problemas. “Meu pai fez um exame e não conseguiu até agora uma consulta para avaliação. Como o exame apresentou um resultado alterado e a Amparo demorou para marcar a consulta, tive que procurar outro profissional para garantir a medicação necessária. Se não fosse essa outra médica, que não recebe o meu pagamento mensalmente, tal qual a Amparo, sabe-se lá o que teria acontecido com meu pai. Não pediram desculpas nem marcaram a consulta”, queixa-se. 

Amparo Saúde: (11) 4118-2277

Amparo Saúde cancelará assinatura

A Amparo Saúde informa que disponibilizou a opção de marcar uma consulta, porém realizou o cancelamento da assinatura, de acordo com a solicitação da consumidora. 
A empresa diz que, caso haja interesse em discutir o atendimento ou o quadro clínico, está à disposição do paciente e de sua família.

______________________________________________________________________________

Veja outras reclamações

Oi

O aposentado  Benedito Tadeu Vicente, 65 anos, de Cambuí (Minas Gerais), reclama que comprou um pacote da operadora Oi para sua linha fixa, mas recebeu a cobrança de um valor muito maior do que o combinado. “Isso é um absurdo, eu já reclamei com eles, mas ninguém resolve. Não sei mais o que fazer.”  

Resposta 

A Oi informa que instalou a oferta de um novo plano que atendará melhor as necessidades do cliente. A operadora diz ainda que corrigiu a fatura referente a maio e a enviou para o leitor, com vencimento prorrogado. “Graças ao Agora resolveram”, disse o leitor.

Electrolux

A dona de casa Tatiane Meire da Silva, 37 anos, do Parque Santo Eduardo (zona leste), conta que pediu que a autorizada da Electrolux fosse até sua casa para realizar um conserto em sua máquina de lavar roupas, mas o serviço foi mal feito. “Dois dias depois o problema voltou igualzinho”, afirma Tatiane.

Resposta

A Electrolux informa que um técnico da empresa esteve no local e está elaborando um laudo do problema para solucioná-lo da melhor forma. “Concordei em esperar o laudo, mas os dias estão passando e não me deram nenhuma resposta”, conta a dona de casa.

Ponto Frio

O aposentado Valcir Aoqui, 66 anos, da Aclimação (região central), conta que, no começo de maio, comprou um blu-ray no site do Ponto Frio e, como não recebeu o produto na data prevista, pediu o cancelamento da compra, mas, até hoje não obteve nenhuma resposta da empresa. “Fiquei sem o produto, o cancelamento e a resposta”, diz Aoqui. 

Resposta 

O Ponto Frio informa que efetuou o estorno do valor pago e confirmou o cancelamento da compra. O leitor confirmou o procedimento à reportagem.

SPTrans

José Alfredo Batista, 38 anos, afirma que recebeu uma intimação da SPTrans afirmando que sua filha teria feito uso indevido do Passe Livre. "Apresentei provas de que foi ela, e não um terceiro, que fez verdadeiramente o uso do cartão, mesmo assim o cancelaram."

Resposta 

A SPTrans informa, por meio de nota, que liberou o Bilhete Único da estudante e que o leitor já foi certificado sobre isso por telefone. 

Assuntos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.