Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Sabesp demora para ressarcir idoso acidentado

Muro de obra caiu em cima do pai da leitora Ana Paula Lobo; ela diz que reembolso das despesas ainda não foi feito pela concessionária

Laíssa Barros
São Paulo

A autônoma Ana Paula da Cruz Lobo, 30 anos, do Jardim Célia (zona sul), conta que, em julho seu pai, Godofredo Ribeiro Lobo, 81, estava passando em frente a uma obra da Sabesp e acabou sendo atingido pela queda de um dos muros do local. 

“Na hora, os funcionários da Sabesp chamaram o resgate e ele foi levado para um hospital em Guarulhos e, posteriormente, transferido para outro hospital. Lá, ele fez várias cirurgias e se encontra em processo de recuperação, que será muito lenta devido à idade avançada. Não temos previsão de alta”, afirma Ana.

Segundo a leitora, os custos do hospital estão sendo pagos pela Sabesp. Mas, os valores de alimentação, transporte e outras despesas não estão sendo pagas pela empresa, como prometido anteriormente. 

Ana Paula da Cruz Lobo que esta com o pai internado no hospital Nipo Brasileiro. Ele sofreu um acidente por culpa da Sabesp - Rubens Cavallari/Folhapress

“Meu pai é aposentado, eu sou autônoma e minha mãe está acamada há um bom tempo. Não consigo ir trabalhar, pois preciso ficar com ele no hospital. Contratamos uma cuidadora para ajudar minha mãe em casa. Estou há um mês sem salário e não posso mais pagar as contas”, afirma Ana.

“A Sabesp disse que daria suporte financeiro, mas, até agora, nada. Ficaram de resolver esse assunto, mas todas as vezes que pergunto do dinheiro eles desconversam. Estou desesperada, preciso que eles fiquem em dia com o suporte financeiro prometido”, diz. 

Empresa pagará despesas 

A Sabesp informa que lamenta o acidente e diz estar acompanhando o caso. A empresa afirma que a lista de custos passada pela leitora está em análise e tem previsão de reembolso até o dia 10 de agosto. Em relação à cuidadora da mãe de Ana Paula, a Sabesp diz que não foi informada do valor específico dessa despesa para providenciar o reembolso. A concessionária esclarece que busca solução para ressarcir os gastos procedentes da família, mantendo o compromisso firmado entre as partes.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.