Descrição de chapéu Defesa do Cidadão

Funcionalismo: servidor federal quer diálogo permanente

Política de reuniões constantes acabou com o fim do Ministério do Planejamento, que agora faz parte do da Economia

Havolene Valinhos
São Paulo

Entidades representativas dos servidores federais, como a Condsef (confederação da categoria), reclamam da falta de diálogo permanente com o governo. O fim do Ministério do Planejamento, que passou a integrar o da Economia, acabou com a política de conversas constantes implantada há mais de dez anos.

Greve dos servidores do Judiciário Federal em São Paulo. Eles fazem manifestação em frente ao TRE para exigir a aprovação do projeto de lei que revisa o plano de cargos e salários
Greve dos servidores do Judiciário Federal em São Paulo. Eles fazem manifestação em frente ao TRE para exigir a aprovação do projeto de lei que revisa o plano de cargos e salários - Rubens Cavallari/Folha Imagem 31 Ago.2006

Na opinião da confederação, a administração tem apresentado o servidor como vilão das contas públicas. Para mostrar a importância do funcionalismo, a Condsef levou ao governo, em fevereiro, estudo sobre o serviço público, mas não recebeu resposta até agora.

Em nota, o Ministério da Economia afirma que mantém "diálogo transparente" com as entidades representativas dos servidores públicos federais e que, neste ano, realizou 35 reuniões com sindicatos e associações de servidores, algumas delas com a participação de diversas entidades.

O ministério diz ainda que o grupo de entidades atendido representa mais de 500 mil servidores. 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.